Correio do Minho

Braga,

Esposende candidata-se à rede de oferta turística náutica
Corrida do Porco Preto alcançou meta traçada de 450 participantes

Esposende candidata-se à rede de oferta turística náutica

Barcelos recebe prova de juniores da Taça do Minho de Ciclismo

Cávado

2019-03-18 às 20h13

Redacção

Os argumentos de Esposende são suportados nas excecionais condições naturais do seu território, onde os 18 quilómetros de costa, acolhem quatro praias...

O Município de Esposende quer integrar a rede de oferta turística náutica, organizada a partir da valorização integrada dos recursos náuticos, denominada Estação Náutica. A candidatura já foi formalizada e o vereador com o pelouro do Turismo, Sérgio Mano, apresentou a sustentação esposendense, na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL).

Os argumentos de Esposende são sólidos, suportados nas excecionais condições naturais do seu território, onde os 18 quilómetros de costa, acolhem quatro praias que têm merecido a distinção com o galardão de Bandeira Azul. Acresce a profícua atividade marítima que se desenvolve em Esposende, com clubes de canoagem que mobilizam centenas praticantes, escolas de surf, um centro de mergulho, escolas de kitsurf, e vários operadores de desportos náuticos.

Esposende apresenta, ainda, infraestruturas e características que justificam a adesão a este projeto que visa a valorização integrada dos recursos náuticos do território.
Os requisitos exigidos para a classificação da Estação Náutica, incluem, ainda, a oferta de alojamento, restauração, outras atividades náuticas e serviços relevantes para a atração de turistas, acrescentando valor e criando experiências diferenciadoras.

“O Município de Esposende apresenta todas as condições para se assumir como plataforma de cooperação entre os diversos atores locais, que asseguram a oferta de um produto turístico, capaz de criar experiências diferenciadoras”, referiu Sérgio Mano, no salão de referência para a indústria do turismo nacional e internacional, a BTL, associando o evento de promoção gastronómica “Março com Sabores do Mar” ao leque de eventos que Esposende promove para afirmar o mar e as suas potencialidades.

Esta postura enquadra-se, de resto, nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas, nomeadamente Trabalho digno e crescimento económico, Indústria, Inovação e Infraestruturas, Cidades e Comunidades Sustentáveis e Parcerias para a Implementação dos Objetivos.



*** Nota dos Serviço de Comunicação e Imagem da Câmara Municipal de Esposende ***



Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.