Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Escolas que educam e são felizes têm projectos “extraordinários”
Forum Arte Braga quer atrair novos públicos à fruição da arte

Escolas que educam e são felizes têm projectos “extraordinários”

AAUMinho arrecada Troféu Coletivo no Campeonato Nacional Universitário de Atletismo Corta-Mato

Escolas que educam e são felizes têm projectos “extraordinários”

Ensino

2019-12-15 às 06h00

Patrícia Sousa Patrícia Sousa

Entrega de prémios ‘Escola Amiga da Criança’ decorreu, ontem, no Colégio João Paulo II. Este ano, foram premiados 13 projectos de várias áreas, que estão a ser desenvolvidos em nove escolas do concelho de Braga.

Com três mil projectos premiados a nível nacional, o Prémio Escola Amiga da Criança foi entregue, ontem, a 13 projectos de nove escolas do concelho de Braga. “Uma escola que educa e é feliz é sinónimo de crianças felizes e de estarmos a construir cidadãos equilibrados”, defendeu a vereadora da Educação da Câmara Municipal de Braga. Lídia Dias, que marcou presença na cerimónia, que decorreu no Colégio João Paulo II, destacando os “bons exemplos” que devem ser replicados a outras escolas.

O prémio Escola Amiga da Criança é uma iniciativa conjunta da Confederação Nacional das Associações de Pais (CONFAP), da LeYa e do psicólogo Eduardo Sá, que visa distinguir escolas que concebem e concretizam ideias extraordinárias, contribuindo para um desenvolvimento mais feliz da criança no espaço escolar e essencialmente partilhar essas boas práticas.
“Estes projectos acabam por ser projectos que surgem naturalmente nas escolas com muito trabalho e muita dedicação dos professores, dos alunos e das associações de pais”, aplaudiu ainda a vereadora, destacando a panóplia de áreas de intervenção, que passam pela mobilidade, alimentação, ciência ou robótica. E Lídia Dias referiu ainda a importância destes projectos que “criam dinâmicas muito positivas”, deixando o repto às escolas do concelho: “é nesta senda que temos que trabalhar. E estes prémios acabam por ser um reconhecimento e um incentivo até para replicar estas boas práticas”.

Alberto Santos, presidente da CONFAP, assumiu que “receber este selo é bom, mas o importante é ser verdadeiramente uma escola amiga da criança”. Perante os responsáveis dos projectos vencedores, Alberto Santos defendeu que “mais importante que o sucesso é a motivação e a felicidade dos alunos”, garantindo que se “está a contribuir para que a educação evolua, trabalhando efectivamente e fazendo parte da solução”.
Também presente na cerimónia, para o presidente da Federação das Associações de Pais (FAP) do concelho de Braga, Manuel Ribeiro, este prémio conta com um “envolvimento muito grande” de toda a comunidade educativa. “Na edição do ano passado foram seis as escolas premiadas e, este ano, já são nove as escolas envolvidas com 13 projectos distinguidos”, elogiou aquele responsável, mostrando-se “muito satisfeito” com o envolvimento da comunidade educativa de Braga.

“Muitos projectos conseguem articular disciplinas clássicas da escola e cruzar a intervenção de cada uma delas, por isso, a virtude deste prémio está na capacidade de ver de forma transversal tudo o que acontece na escola e enriquecendo todo o currículo”, defendeu ainda Manuel Ribeiro.
Antes da apresentação dos projectos, a representante da LeYa na zona de Braga e de Guimarães, Soraia Ferreira, referiu que o objectivo deste projecto “é transmitir o que de bom fazem as escolas e as boas práticas que aplicam em vários contextos”. Além de mostrar e ser exemplo para outras escolas, este prémio é, sobretudo, “para os pais percebam que a escola não só responde a currículos, mas que desenvolve muitos projectos que proporcionam momentos felizes aos filhos”, frisou aquela responsável.

Premiados

Colégio João Paulo II:
- Alimentação Saudável;
- Ciclo de Conferências do Colégio João Paulo II;
- III Jornadas da Ciência.

Colégio Teresiano:
- Leio porque eu quero/leitura partilhada.

EB1 Parretas:
- Escola + Família = Sucesso.

EB2,3 de Celeirós:
- Educar com a horta e floresta escolar.

EB2,3 Dr. Francisco Sanches:
- Tutoria de Pares;
- Clube de Programação e Robótica.

EB2,3 Lamaçães:
- Lamaçães contra o Bullying.

EB2,3 Nogueira:
- Somos o que comemos.

EB2,3 Tadim:
- Encontro de Gerações.

Conservatório de Música Calouste Gulbekian:
- Música com Saúde;
- Clube ‘A Magia das Ciências’.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.