Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Escolas estão a responder com prontidão ao crescente casos de alunos infectados
Hospital Senhora da Oliveira é finalista do Healthcare Excellence

Escolas estão a responder com prontidão ao crescente casos de alunos infectados

SemiBreve faz de Braga “centro criativo e de inspiração” da música electrónica

Escolas estão a responder com prontidão  ao crescente casos de alunos infectados

Ensino

2020-10-17 às 06h00

Paula Maia Paula Maia

Casos replicam-se em praticamente em todos os agrupamentos, mas não há, para já, cadeias de transmissão internas. Escolas estão seguir os planos de contigência e directrizes da Saúde Pública, mas mostram-se preocupadas com a evolução da pandemia.

As escolas do concelho estão a reagir com prontidão e rigor aos casos de infecção por Covid na comunidade escolar que tem obrigado várias turmas a cumprir o isolamento profiláctico.
Para já, todos os casos confirmando provêm do exterior, não havendo, até à data, cadeias de transmissão internas.

A maioria das escolas bracarense tem ou já teve necessidade de colocar turmas em isolamento profiláctico no domicílio, num número superior àquele que foi divulgada recentemente pela Federação Nacional dos Professores.
No Agrupamento de Escolas Alberto Sampaio são quatro as turmas actualmente em isolamento profiláctico, duas na secundária Alberto Sampaio, uma na EB 2,3 de Nogueira e uma outra na EB1 de Lomar.

“Temos outros casos de alunos que testaram positivo, mas que não afectaram a turma ou porque estavam fora ou que tiveram muito pouco contacto com os colegas”, releva o director do agrupamento, adiantando que outras três turmas já estiveram em isolamento. “Ainda temos um elevado número de situações em acompanhamento remoto”, confirma João Andrade, adiantando que a escola está a atentar, sempre que possível, manter o horário normal atribuído aos alunos.
“A situação mais complexa tem sido quando temos um aluno singular isolado e o professor tem de dar aulas à turma e ao aluno singular”, esclarece o director.

Também o Conservatório Calouste Gulbenkian tem duas turmas em isolamento depois de dois alunos terem testado positivo para a Covid. “Esta quarta-feira um aluno do 9.º ano testou positivo e, por decisão própria, mandamos a turma para casa. Na quinta-feira outro alunos do 3.º ano também teve teste positivo e tomamos a mesma decisão”, diz a directora do estabelecimento de ensino que dirige críticas à Delegação de Saúde de Braga por falta de comunicação.

“Dou nota negativa. Não entendo porque não contactaram a escola, até porque quando as aulas arrancaram pediram a lista de todos os alunos. Mandamos os alunos para casa porque acreditamos que os pais estão a falar verdade. Não tivemos nenhuma confirmação pela Unidade de Saúde Pública”, diz Ana Maria Caldeira, garantindo que o contacto foi somente estabelecido através de email posteriormente.

O Agrupamento de Escolas de Maximinos não regista actualmente nenhum caso, mas há um mês atrás também uma turma do 1.º Ciclo da EB1 da Grandra esteve em isolamento domiciliário, depois de um aluno ter testado positivo. “A situação mostrou que a nossa organização está a funcionar”, referiu ao CM Paulo Antunes. O dirigente diz que o agrupamento está pronto para “qualquer situação”, com a plataforma ‘classroom’ ponta a entrar em acção. “Temos toda a ferramenta tecnológica preparada”, adianta o dirigente, indicando que há alunos que, por razões de saúde, estão a ser acompanhados a partir de casa.

Também na André Soares uma turma está em isolamento profiláctico depois da delegação de saúde ter comunicado esta quarta-feira a infecção de um aluno.
Na Carlos Amarante, estão, desde quarta-feira, também duas turmas do secundário em isolamento. “São infecções que decorreram em contexto familiar” confirma Hortense Santos ao CM. Os equipamentos informáticos são para já suficientes, mas no futuro “dependerá da quantidade de pessoas que vão precisar”.

No agrupamento D. Maria II, foram já duas as turmas que estiveram em isolamento - em Tenões e a Lamaçães - mas que, entretanto, regressaram já à escola. Neste momento há apenas uma turma da secundária, em casa que deverá regressar no início da próxima semana, caso os etstes sejam negativos.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho