Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Escolas de Braga acolhem alunos músicos afegãos refugiados
CIAB acolheu última sessão de formação do Projecto SMIC 2022

Escolas de Braga acolhem alunos músicos afegãos refugiados

Doce S. Lourenço vive da tradição e inovação

Escolas de Braga acolhem alunos músicos afegãos refugiados

As Nossas Escolas

2022-09-12 às 08h03

Carlos Costinha Sousa Carlos Costinha Sousa

Várias escolas de Braga vão ser a ‘casa’ de cerca de 50 alunos refugiados afegãos que vão poder dar continuidade à sua carreira académica.

Citação

Cerca de 50 alunos de música afegãos foram acolhidos pelo Conservatório de Música Calouste Gulbenkian e os agrupamentos de escolas parceiros desta instituição - o Agrupamento de Escolas de Maximinos e o Agrupamento de Mosteiro e Cávado, onde vão frequentar as aulas e dar continuidade à sua formação académica e musical.
Estes alunos são refugiados afegãos que chegaram a Portugal nas passados meses de Dezembro e Janeira, tendo estado alojados em Lisboa. Recentemente mudanram-se para Braga e Guimarães, onde lhes é dada a oportunidade de darem continuidade às suas vidas.

Desta forma, e depois de uma recepção que contou com os directores do Agrupamentos de Escolas de Maximinos e de Mosteiro e Cávado, para além da vereadora da Educação da Câmara Municipal de Braga, Carla Sepúlveda, os alunos vão ser recebidos nas respectivas escolas durante a semana que hoje começa. Está previsto que a recepção aos alunos mais velhos, do ensino secundário, se realize no próximo dia 16 de Setembro pelas 11.30 horas, numa cerimónia que vai contar com a realização de um momento musical por parte desses mesmo alunos, que apresentarão também composições com instrumentos tradicionais do seu país de origem.
Recorde-se que estes alunos chegaram a Portugal, juntamente com vários músicos, professores e funcionários do Instituto Nacional de Música do Afeganistão, assim como alguns familiares, tendo ficado, até agora, em Lisboa.
Esta acção realizou-se graças a uma operação conjunta que envolveu as autoridades nacionais portuguesas e do Qatar, assim como algumas organizações norte-americanas.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho