Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Escola Sá de Miranda: Projecto de cidadania ‘espicaça’ jovens a pensar o território
Município distinguido com 1º prémio nacional IPIC 2019 atribuído pela UM e AMA

Escola Sá de Miranda: Projecto de cidadania ‘espicaça’ jovens a pensar o território

Famalicão Extreme Gaming com mais de 2 mil visitantes no primeiro dia

Escola Sá de Miranda: Projecto de cidadania ‘espicaça’ jovens a pensar o território

Ensino

2019-10-17 às 06h00

Isabel Vilhena Isabel Vilhena

Nós Propomos! volta a desafiar os alunos da Escola Sá de Miranda a olhar criticamente a realidade geográfica do território. O projecto ganhou ‘asas’ e está a ser implementado noutros países.

Os alunos da Escola Secundária Sá de Miranda voltam a ser desafiados a pensar como podem melhorar a comunidade onde vivem.
O Projecto ‘Nós Propomos! Cidadania e Inovação na Educação Geográfica’ na Sá de Miranda vai já na 7.ª edição e tem por finalidade promover uma efectiva cidadania territorial local.
A sessão de apresentação de mais um desafio colocado aos alunos decorreu ontem, no auditório da Escola Sá de Miranda, contou com a presença do ‘pai’ do projecto Sérgio Claudino, do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, do vereador Miguel Bandeira, da directora do Agrupamento de Escolas Sá de Miranda, Antonieta Silva, e do professor José Matos como um dos impulsionadores desta iniciativa na Sá de Miranda.
Trata-se de projecto nacional no âmbito da disciplina de Geografia e mobiliza escolas de todo o país.
O vereador da câmara municipal de Braga, Miguel Bandeira, faz um balanço “muito positivo destes sete anos consecutivos de implementação do projecto na escola Sá de Miranda que já mobilizou mais de mil estudantes”, afirmando que “algumas das ideias que foram debatidas pelos alunos estão incorporadas nas políticas do município no que se refere à segurança rodoviárias e nas acessibilidades”.
Miguel Bandeira realça que este projecto visa criar “cidadãos activos, conscientes, críticos e que contribuam para pensar o futuro da cidade”. Fátima Pereira, arquitecta da Câmara Municipal de Braga, sublinha que o importante “não é o resultado final, mas o processo em si que aproxima os estudantes da câmara, ou seja, ensina-os a fazer um processo participativo e é isso que é valorizado”.
Ora este projecto, idealizado no Instituto de Geografia e Ordenamento do Território pelo docente Sérgio Claudino, já ‘ganhou asas’ além-fronteiras pela originalidade, inovação e pelos resultados obtidos com o envolvimento de escolas estudantes e da comunidade local. Por este motivo o projecto está a ser implementado em Espanha, Moçambique, Brasil, Colômbia, Peru e Chile.
A directora do Agrupamento de Escolas Sá de Miranda salientou o espírito crítico que este projecto desperta nos alunos. “É aprender a olhar não de uma forma como se vai a um centro comercial, mas de uma forma efectiva daquilo que nós queremos no nosso espaço geográfico e como podemos melhorá-lo”. E acrescentou que este “projecto significa uma real aprendizagem para os alunos. Aprender a trabalhar em grupo e a discutir no sentido de produzir algo que é concreto e fruto de um trabalho no terreno que, posteriormente, é apresentado a outros alunos do país”.
Pelo 9º ano consecutivo, desenvolve-se em Portugal o Projecto ‘Nós Propomos! Cidadania e Inovação na Educação Geográfica’.
Dirige-se, a alunos e professores de Geografia do Ensino Secundário, geralmente do 11º ano, mas conta também com a participação de alunos do 12º ano e de outros níveis e de cursos profissionais.
Sérgio Claudino explicou que “o projecto nasce porque se acredita que os alunos são capazes de ter um olhar crítico sobre o seu território, fazendo propostas para o melhorar”, acrescentando que “o verdadeiro objectivo do projecto é a educação cidadã”.
Para o ‘pai do ‘Nós Propomos!’ “estamos assistir “à municipalização do projecto”, destacando o “pioneirismo do município de Braga” na implementação desta iniciativa.
As propostas das escolas de todo o país serão apresentadas, no dia 27 de Abril, na Aula Magna da Universidade de Lisboa.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.