Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Ensino superior tem “papel determinante” nesta fase de retoma
Obras emblemáticas marcam semana em Ponte de Lima

Ensino superior tem “papel determinante” nesta fase de retoma

Conselho Municipal da Educação da Póvoa de Lanhoso analisa e projeta ano letivo

Ensino superior tem “papel determinante” nesta fase de retoma

Ensino

2020-05-28 às 06h00

Patrícia Sousa Patrícia Sousa

Ministro Manuel Heitor visitou as instalações do IPCA. Análise dos desafios que se colocam na retoma da actividade económica e social foi o mote da visita.

Analisar o plano de retoma gradual das actividades lectivas presenciais no Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) e discutir oportunidades e desafios que se colocam às instituições de ensino superior no contexto de recuperação da economia e da sociedade nesta fase de pandemia foram os motes da visita do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior às instalações e os laboratórios do IPCA, em Barcelos.
Manuel Heitor começou por destacar o “papel determinante” das instituições de ensino superior, e do IPCA em particular, “no processo de recuperação económica, nomeadamente através da oferta especializada e de curta duração que deve ser colocada à disposição da população desempregada ou sem ocupação por força da pandemia provocada pela Covid-19”, informa o IPCA, em comunicado, enviado às redacções.

O Applied Artificial Intelligence Laboratory mereceu a visita do ministro, sendo que ali foram “apresentados alguns dos projectos de I&D em curso, bem como os laboratórios de design, desenvolvimento de produto e de audiovisuais onde presenciou a realização de algumas aulas laboratoriais em contexto presencial”, acrescenta ainda a mesma nota.
O ministro aproveitou também a presença de estudantes para deixar um apelo: “continuem a estudar, sempre em segurança, para que adquiram competências de forma mais sólida através do contacto físico, para além da modalidade à distância”.

Já presidente do IPCA, que acompanhou a visita do ministro, garantiu que a instituição o está preparada para receber os estudantes de forma gradual. “Todas as divisões estão devidamente identificadas, as circulações condicionadas, implementamos o uso obrigatório de máscara e dispensamos as soluções desinfectantes pelas várias divisões”, assegura Maria José Fernandes.
O IPCA retomou gradualmente as actividades presenciais no passado dia 18 de Maio, e tem para consulta o respectivo Plano Operacional para Retorno às Actividades Presenciais no instituto.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho