Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Empresários desafiados a adoptar comportamentos mais sustentáveis
Recovery debate novas tecnologias na saúde mental

Empresários desafiados a adoptar comportamentos mais sustentáveis

Jorge Braz convoca ‘guerreiro’ Vítor Hugo à selecção nacional

Empresários desafiados a adoptar  comportamentos mais sustentáveis

Braga

2020-11-25 às 06h30

Isabel Vilhena Isabel Vilhena

a missão é sensibilizar para a necessidade da redução de produção de resíduos, em nome da sustentabilidade do nosso planeta, incentivando os consumidores e entidades a adoptar comportamentos e hábitos ambientalmente mais sustentáveis.

O objectivo é global: reduzir a pegada ecológica do nosso planeta.
Uma missão que é de todos e que, pelo quarto ano consecutivo, as duas entidades - Associação Comercial de Braga e o Município de Braga - apresentaram o projecto Embrulha, por favor!, e sacos de pano, no âmbito da Semana Europeia de Prevenção dos Resíduos
“O objectivo é alertar todos os que têm estabelecimentos comerciais e sensibilizá-los para que ajudem neste projecto global, para que haja progressos nesta área do ambiente para benefício de todos. O comércio tem um papel importante em matéria de resíduos e o apelo é para minimizem os desperdícios”, afirmou ontem Domingos Macedo Barbosa, presidente da Associação Comercial de Braga, na apresentação da quarta edição do projecto Embrulha, por favor!, que decorreu na Pastelaria Veneza.
O projecto ‘Embrulha, pf’ consiste em criar uma solução aceitável e ambientalmente sustentável para reduzir o desperdício alimentar.
Serão oferecidos 1000 embalagens descartáveis aos restaurantes para que os clientes levem para casa as sobras da refeição. Também, serão oferecidos as pastelarias e padarias sacos de pano re.store by Creative Zone elaborados por utentes do IRIS - Instituto de Reabilitação e Integração Social – com aproveitamento de tecidos que serão oferecidos aos clientes para fazerem as suas compras de pão diárias.
Altino Bessa, vereador do Ambiente, realça a importância destas duas acções de sensibilização que se inserem na Semana Europeia de Prevenção dos Resíduos.
O vereador deixou o alerta de que “estamos a perder a batalha da reciclagem. Os resíduos que vão para aterro não têm reduzido o suficiente para atingirmos as metas que nos comprometemos em termos de reutilização de produtos. Portugal não está atingir a meta para 2030”, deixando um forte apelo para que haja um envolvimento de toda a gente. “Os resíduos são altamente nefastos para o ambiente e devem ser reduzidos ao máximo na sua utilização, reutilizados e quando não for possível devem ser separados para reciclagem. Esta conduta tem que estar presente quando estamos a consumir”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho