Correio do Minho

Braga, terça-feira

Emigrante morre em obra em casa
Póvoa de Lanhoso: Talentos desfilam no Parque do Pontão

Emigrante morre em obra em casa

Famalicão: Núcleo de Teatro Amador de Vermoim estreia peça de Almeida Garrett

Casos do Dia

2018-08-08 às 06h00

Teresa M. Costa

Estava a realizar trabalhos em casa quando o tecto desabou. Foi em Fervença

Um homem de 36 anos morreu ontem quando um tecto da habitação onde estava a realizar obras desabou, na localidade de Fervença, em Celorico de Basto.
De acordo com o que foi possível apurar, a vítima foi projectada para o rés-do-chão da habitação quando o tecto desabou.
A vítima é emigrante e regressou a Portugal para um período de férias que aproveitou para realizar alguns trabalhos numa habitação.
O alerta foi dado a meio da tarde de ontem e mobilizou diversos meios de socorro.
O primeiro alerta terá sido para uma queda, mas os meios no local acabaram por confirmar a situação de desabamento de uma estrutura.
A vítima ainda foi assistida no local pelos Bombeiros Voluntários de Celorico de Basto, pela ambulância SIV de Amarante e pela equipa da viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do hospital de Penafiel, mas o óbito foi confirmado no local.
No local encontravam-se a esposa e filha da vítima mortal para quem foi foi accionado apoio psicológico pela Câmara Municipal de Celorico de Basto, confirmou o comandante dos Bombeiros Voluntários locais, Marinho Gomes.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.