Correio do Minho

Braga,

- +
Ecovia do Rio Minho abre novo troço
Município avança no imediato com intervenções superiores a 3 ME na área da habitação

Ecovia do Rio Minho abre novo troço

Cor e alegria marcam final do ano lectivo na Frei Caetano Brandão

Ecovia do Rio Minho abre novo troço

Alto Minho

2023-10-03 às 13h11

Redacção Redacção

Investimento de 278.656 euros beneficia extensão de 1675 metros, inaugurada no fim-de-semana com presensa do presidente da Câmara Municipal de Monção, num passeio de e-bike.

Citação

Já abriu ao público, em Monção, o troço entre Ruivos (Troviscoso) e Landre (Bela) da Ecovia do Rio Minho, com extensão de 1.675 metros.
No âmbito do Projecto ‘Ecovia do Rio Minho, Troço Caldas de Monção – Bel’, englobando a execução de três fases com uma extensão global próxima de seis quilómetros, foi aberta ao público a 3.ª fase deste percurso ecológico, ligando Ruivos, em Troviscoso, a Landre, na Bela.
Na inauguração, que contou com um passeio de e-bike, macara, presença o presidente da Câmara Municipal de Monção, António Barbosa, os vereadores João Oliveira e Agostinho Correia, e o secretário do Gabinete de Apoio à Presidência, Filipe Amoedo. À chegada a Landre, teve lugar um encontro com o presidente da Junta de Freguesia da Bela, Luís Cunha.
O traçado é serpenteado e com poucas inclinações, de forma a adaptar-se à acessibilidade de pessoas com mobilidade reduzida. O percurso, colado ao rio Minho, proporciona passagens por campos de cultivo, plantações de vinha e pesqueiras.
Quase à chegada a Landre, o rio estreita entre paredes rochosas em ambas as margens.
Representando um investimento de 278.656,57 €, os trabalhos tiveram em conta a preservação e dos valores ambientais do território, assegurando a defesa e a valorização dos elementos patrimoniais e paisagísticos, bem como a proteção de zonas de maior sensibilidade biofísica e dos sistemas de lazer e fruição existentes naquele troço ribeirinho, refere uma nota às redacções.
Nesta intervenção minimalista, foram utilizadas técnicas de estabilização de taludes e proteção de linhas de água baseados em princípios de engenharia natural, de forma a respeitar a morfologia do terreno e a regeneração rápida da paisagem.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho