Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Dstgroup distingue escritor Pepetela no Dia Mundial da Língua Portuguesa
Dia da Cidade celebra-se com com sessão solene na Casa das Artes

Dstgroup distingue escritor Pepetela no Dia Mundial da Língua Portuguesa

Viana do Castelo: Contas de 2020 da Câmara Municipal com resultado líquido positivo de 2,8 milhões de euros

Dstgroup distingue escritor Pepetela  no Dia Mundial da Língua Portuguesa

Braga

2021-05-06 às 06h00

Paula Maia Paula Maia

Prémio de Literatura dstangola/Camões 2020 foi ontem, Dia Mundial da Língua Portuguesa, entregue ao escritor angolano pela sua mais recente obra ‘Sua Excelência, de Corpo e Alma’. Pepetela enalteceu a iniciativa da empresa privada bracarense.

O dstgroup atribuiu ontem, Dia Mundial a Língua Portuguesa, o Prémio de Literatura dstangola/Camões 2020 ao escritor angolano Pepetela, distinguido na sua mais recente obra ‘Sua Excelência, de Corpo Presente’, no âmbito da sessão solene que assinalou a efeméride instituída pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) em 2019 e cujas celebrações decorrram em 44 países, com mais de 150 actividades, em formato misto, presencial e virtual, devido à pandemia de Covid-19.
O prémio, no valor de 15 mil euros, foi entregue pelo presidente do Conselho de Administração do dstgroup, José Teixeira, e pelo primeiro-ministro, António Costa, no Centro Cultural de Belém, numa cerimónia que contou com a participação do Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, do Secretário Executivo da CPLP, e durante a qual foram também parti- lhadas mensagens em vídeo do Secretário-Geral da ONU, do Presidente da República de Cabo Verde e do Presidente da República Portuguesa.
O júri do prémio, presidido por Irene Guerra Marques, linguista e docente na Faculdade de Letras da Universidade Agostinho Neto, e constituído pelo jornalista e escritor Carlos Ferreira (Cassé) e por Manuel Muanza, Professor Auxiliar no Departamento de Língua Portuguesa no Instituto Superior de Ciências da Educação, considerou que “este romance reafirma a condição de Pepetela como escritor de primeira água, angolano, africano e universal”, sublinhando ainda que “‘Sua Excelência de corpo presente’ é um dos seus exemplos mais apurados, se atendermos não apenas à sua actualidade, como também à forma como mantém, jovem e lúcida, a ironia, a crítica sociocultural e uma criatividade intensa que acompanha os avanços e recuos da realidade angolana e até mesmo africana, no que diz respeito à realidade que vivemos ao Sul do Saara”.
Lançado em Janeiro de 2019 pelo dst group, em parceria com o Instituto Camões, o Prémio de Literatura dstangola/Camões destina-se a a galardoar todos os anos uma obra em português, de autor angolano, nascido em Angola. Com um valor de 15 mil euros, a ser pago na quantia correspondente em kwanzas (Kz), o galardão visa distinguir, de forma rotativa, trabalhos de poesia e prosa de escritores angola- nos.
Ainda que a parceria com o Instituto Camões contemplou também a assinatura do protocolo de Empresa Promotora da Língua Portuguesa entre o Camões, I.P. e o dstgroup, ao abrigo do qual o grupo empresarial de Braga se comprometeu a apoiar o Centro Cultural Português em Luanda, onde criou a sala de leitura dstangola, com a entrega de milhares de livros.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho