Correio do Minho

Braga, quarta-feira

DST atribui 50 mil euros à Companhia de Teatro de Braga
GNR de Braga: 3 detidos por mais de 20 furtos em interior de veículo

DST atribui 50 mil euros à Companhia de Teatro de Braga

Município de Fafe faz balanço positivo da participação na BTL

Braga

2014-05-03 às 06h00

Libânia Pereira

O Grupo DST vai atribuir 50 mil euros à Companhia de Teatro de Braga, um financiamento que a construtora chama de “despesa estratégica” e que é válido para o biénio 2014/2015.

O grupo DST - Domingos da Silva Teixeira assinou ontem um protocolo com a CTB - Companhia de Teatro de Braga, que resultará na atribuição de 50 mil euros à CTB para o biénio 2014/ 2015. Desta forma, a empresa DST volta a afirmar-se como o maior mecenas da companhia bracarense.

A assinatura do protocolo realizou-se ao final da tarde de ontem no Salão Nobre do Theatro Circo, sendo que neste momento estiveram presentes Rui Madeira, director da CTB, José Teixeira, presidente do grupo DST, e ainda o director-geral das Artes, Samuel Rego, Rui Ferreira, do pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Braga, e Cláudia Leite, administradora executiva do Theatro Circo.

“A DST é um mecenas da companhia há muitos anos, eu diria há tantos quantos tem a companhia”, afirmou Rui Madeira, revelando ainda que o presidente do grupo DST assistiu, praticamente, à criação da CTB que em 2015 completa 35 anos de existência. Ao longo deste período foi construída “uma amizade que perdura e que assenta naquilo que é mais genuíno: o cumprimento dos compromissos assumidos por ambas as partes”, disse orgulhoso o director da CTB.

Esta parceria de longa data volta a cumprir-se no biénio 2014/ 2015, sendo que com este protocolo a CTB vai receber 50 mil euros do grupo DST.
Na sua intervenção Rui Madeira recordou que há quatro anos a CTB contava com o apoio de quatro empresas, no entanto hoje apenas pode contar com a DST. “Este será um sinal dos tempos”, lamentou.

Além da colaboração da DST, o director da CTB lembrou o apoio que tem vindo a ser prestado por parte do município de Braga à companhia, sublinhando que qualquer projecto artístico necessita naturalmente do apoio da autarquia, tendo assim na câmara municipal um parceiro estratégico.

Por outro lado, Rui Madeira afirmou que a CTB procura ser uma “plataforma entre a Europa e lusofonia, uma plataforma onde circulam pessoas de toda a Europa, e dos países lusófonos”, lembrando assim que a aposta na internacionalização tem sido uma constante por parte da companhia bracarense, uma aposta que deverá ser mantida, sendo que este ano a CTB deverá percorrer 17 cidades portuguesas, e 15 cidades fora de Portugal em sete países.

Por sua vez, José Teixeira apelidou este financiamento de “despesa estratégica”, um investimento na construção de uma imagem forte que surge no seguimento de uma “estratégia económica pura e dura”.

Entre os muitos elogios tecidos à atitude assumida pela CTB ao longo dos tempos, José Teixeira referiu que esta companhia tem um historial que demonstra a sua capacidade de “inovação, de diversificação, de estabelecer parcerias transfronteiriças”, qualidades reconhecidas pela DST e que garantem a continuidade deste apoio por parte do grupo.

Também Rui Ferreira, do pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Braga, fez referência à história da companhia de teatro bracarense e afirmou: “estamos do vosso lado”, assegurando que a cultura surge como uma prioridade para a câmara municipal.
Ao mesmo tempo, Rui Ferreira deu destaque ao papel que a DST tem vindo a assumir na cidade de Braga, suportando diversos eventos culturais.
Note-se que este ano a DST irá disponibilizar 3 milhões de euros para actividades artísticas.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.