Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
‘Do Bira Ao Samba’ apresenta uma perfeita simbiose cultural lusófona
Vianna: um restaurante com alma de café centenário

‘Do Bira Ao Samba’ apresenta uma perfeita simbiose cultural lusófona

Edna’s Boteco propõe viagem pelos sabores típicos do Brasil

‘Do Bira Ao Samba’ apresenta uma perfeita simbiose cultural lusófona

Braga

2022-08-07 às 09h00

Fábio Moreira Fábio Moreira

Festival, organizado pelo grupo ‘Bomboémia’, une uma tradição bem portuguesa a uma cultura tipicamente brasileira. Daniel Silva, responsável pela organização, defende que esta oitava edição, tal como as anteriores, foi um “tremendo sucesso”.

Citação

A Cidade dos Arcebispos acolheu nos últimos dois dias a realização da oitava edição do festival ‘Do Bira Ao Samba’. Um certame organizado pelos Bomboémia e que procura unir as culturas portuguesa e brasileira. Esta oitava edição ficou marcada pela realização do Monumental Cortejo de Carnaval Fora d’Época, uma iniciativa que trouxe cor, alegria e animação às ruas bracarenses e ao público minhoto.
Com um programa vasto e diversificado, o ‘Do Bira Ao Samba’ voltou a encher as ruas da Cidade dos Arcebispos com uma perfeita simbiose das culturas portuguesa e portuguesa. O festival arrancou na passada sexta-feira, com a animação de rua dos Porbatuka, pelas 15 horas, Seguiu-se um workshop de tambor galego com Andrés Vilán pelas 15.45 horas.
Este arranque do certame que já conta com oito edições teve ainda uma roda de concertinas pelas 17 horas, sendo que, uma hora e meia mais tarde, a Avenida Central de Braga encheu-se com muita animação e alegria, graças ao Arraial Minhoto. Neste arraial particaparam os seguintes grupos: Rusga de S. Vicente, Tun’Ao Minho, Tuna Universitária do Minho e Pauliteiros de Miranda de Oup.
O primeiro dia deste evento teve ainda animação pela noite dentro, com Bomboémia, Seiva, Pauliteiros de Miranda de Oup e DJ Gaiteirinho a subirem ao palco principal da Avenida Central.
Já no segundo e último dia deste ‘Do Bira Ao Samba’, as festividades arrancaram com a animação de rua dos ‘Bate no Cobre’. A tarde de ontem contou ainda com um workshop de forró e samba no pé com forró de Braga e uma outra iniciativa denominada ‘Pagode com Minho de Janeiro’.
Contudo, o grande atractivo do dia só subiu a cena por volta das 21.30 horas. Foi por esta hora que arrancou o Monumental Cortejo de Carnaval Fora d’época. Uma iniciativa que trouxe muita animação às ruas bracarenses, para além da alegria e da música que ia inundando o público minhoto.
Pelas 23.30 horas, a festa voltou a direccionar-se para o palco principal da Avenida Central, com o Samba do Porto a ter o seu destaque. Por sua vez, o encerramento do certame ficou entregue a Naiara Queiroz e Banda, que subiram a palco por volta da uma da manhã.
Daniel Silva, responsável pela organização do festival ‘Do Bira Ao Samba’, confessou ao Correio do Minho que este certame é a “perfeita representação do seu grupo organizador, os Bomboémia”. O director técnico reconhece que este evento procura “dar a reconhecer as tradições e cultura portuguesa, ao mesmo tempo que procura apresentar ao público bracarense uma pequena parte da cultura brasileira”.
Daniel Silva reconheceu ainda que este festival tem sido um “constante sucesso”, tendo sido “muito bem conseguido em todas as suas oito edições”. Todavia, o responsável admite que, com o crescimento da comunidade brasileira em Braga, o ‘Do Bira Ao Samba’ tem vindo a “ganhar cada vez mais força e a conquistar ainda mais adeptos” dentro da Cidade dos Arcebispos. Daniel Silva deixou ainda uma mensagem de agradecimento aos parceiros do festival, em especial ao Município de Braga.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho