Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Divisão de pontos no dérbi entre o HC Braga e o Riba d’Ave
Agere agita ‘águas’ com novos investimentos em 2019

Divisão de pontos no dérbi entre o HC Braga e o Riba d’Ave

RIET defende equilíbrio entre infraestruturas transfronteiriças para unir territórios

Desporto

2019-01-12 às 22h09

Telmo Martins

Deu empate a partida entre o HC Braga e o Riba d’Ave. Jogo muito bem disputado por ambas as equipas. Os bracarenses marcaram primeiro mas o Riba d’Ave respondeu ainda no primeiro tempo. Na segunda parte, mais dois golos para cada lado.

Jogo intenso no Pavilhão das Goladas. HC Braga e Riba d’Ave empataram a três golos no dérbi minhoto da jornada 12 da I Divisão nacional. As duas equipas entraram para a partida separadas por um ponto e assim continuam, com vantagem para os famalicenses.
Entrada forte de ambas as equipas, decididas a marcar cedo. O Riba d’Ave foi o primeiro a criar um lance claro de golo, com Pedro Freitas a atirar ao lado.

Na resposta, os bracarenses inauguraram o marcador. Recuperação de Ângelo Fernandes que tira um adversário do caminho e assiste Pedro Delgado que atira para o fundo das redes, fazendo o primeiro da partida.
Aos 10 minutos de jogo, o Riba d’Ave chegou mesmo ao empate através da marcação de uma grande penalidade convertida por Serôdio.
Primeira parte muito bem disputada, com ambos os guarda-redes em grande plano, a manterem a igualdade até ao apito para o intervalo.
Na segunda parte, entrou melhor a equipa famalicense, construindo uma vantagem de dois golos. O primeiro tem origem num remate forte de Tomás Pereira que surpreende Acevedo e acaba no fundo das redes.
O terceiro chega depois de uma excelente jogada de Micolli que tira dois adversários do caminho e assiste Diogo Casanova que atira para o fundo das redes.

O HC Braga não baixou os braços e, a 13 minutos do final da partida, reduziu, por António Trabulo, um golo que relançou os bracarenses na partida.
Pouco depois, o empate. Boa jogada de António Trabulo que descobre Pedro Delgado livre de marcação que atira para o 3-3, repondo o empate.
A quatro minutos do final, lance polémico. Livre estudado a beneficiar o HC?Braga, Pedro Delgado remata e a bola acaba dentro da baliza de Diogo Fernandes. Os jogadores bracarenses já comemoravam mas o árbitro anulou o golo, alegando que a bola entrou tocada pela barriga de um jogador, perante muita contestação.
Assim, o empate permaneceu até ao final da partida e as duas equipas somam um ponto.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.