Correio do Minho

Braga,

Distribuição de fruta reinicia
Domingos Bragança eleito para a Comissão Executiva do Eixo Atlântico

Distribuição de fruta reinicia

Serviços de Acção Social da UMinho distinguidos com Excelência

As Nossas Escolas

2012-10-16 às 06h00

Redacção

O presidente da Câmara Municipal de Braga, Mesquita Machado, e a vereadora da Educação, Palmira Maciel, marcam presença no acto simbólico previsto para hoje no Centro Escolar de Lamaçães.

O Município de Braga reinicia hoje, Dia Mundial da Alimentação, a distribuição de fruta e produtos hortícolas aos alunos do Primeiro Ciclo do Ensino Básico.
A iniciativa dá cumprimento ao Regime da Fruta Escolar, que visa fomentar nas crianças estilos de vida saudáveis e hábitos de alimentação equilibrada, aumentando, desde logo, a proporção de fruta e legumes no seu regime alimentar.

O acto simbólico evocativo aproveita a primeira distribuição de fruta e legumes e acontece às 15 horas no Centro Escolar de Lamaçães, com a participação do presidente da câmara municipal, Mesquita Machado, e da vereadora da Educação, Palmira Maciel.
Por este Regime da Fruta Escolar são abrangidos todos os alunos que frequentam o primeiro ciclo do ensino básico de estabelecimentos de ensino público, que recebem bissemanalmente uma peça de fruta gratuita.

Esta peça de fruta é distribuída no lanche da parte da tarde às terças e quintas-feiras, pelo que nestes dias as crianças devem levar para o lanche da tarde apenas um complemento à fruta, evitando um lanche excessivo.
Os produtos distribuídos neste contexto são obrigatoriamente produtos frescos, de fácil consumo em espécie, e são já apresentados devidamente acondicionados e higienizados, prontos a serem consumidos.

De acordo com a vereadora da tutela, apresenta-se “fundamental dar continuidade a este programa, sobretudo nesta fase que o país está a atravessar, em que, tal como no resto, os hábitos alimentares acabam por ser alterados, diminuindo muitas vezes o consumo de produtos de qualidade, como é o caso das hortofrutícolas”.

Juntamente com a distribuição da fruta e para que o programa tenha o impacto pretendido, são promovidas medidas de acompanhamento que fundamentam a importância do consumo destes géneros alimentícios, como é o caso de visitas à Quinta Pedagógica de Braga, ao Mercado Abastecedor da Região de Braga, o fornecimento de materiais didácticos, e palestras realizadas pela nutricionista do Município.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.