Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Desemprego continua a descer com Braga a destacar-se
Um clube do povo e inteiramente ao seu serviço

Desemprego continua a descer com Braga a destacar-se

Biblioteca de Jardim convida à leitura nas tardes de verão

Desemprego continua a descer com Braga a destacar-se

Economia

2022-06-27 às 06h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Número de inscritos no IEFP voltou a descer em Maio, destacando-se o concelho de Braga que contava 5396 desempregados, menos 214 do que em Abril e menos 1991 do que no mês homólogo de 2021. Também no Alto Minho o desemprego continua a trajectória descendente. As estatísticas do IEFP revelam que no final de Maio havia 4134 pessoas inscritas nos centros de emprego do distrito de Viana do Castelo, menos 273 do que em Abril.

Citação

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego continua a diminuir no distrito de Braga, mantendo a tendência dos últimos meses. As estatísticas mais recentes, reveladas pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), referentes ao passado mês de Maio, mostram que o distrito contabilizava 22.937 desempregados. São menos 753 do que em Abril e menos 6365 do que no mês homólogo de 2021.
Braga mantém-se como o concelho com maior número de desempregados, facto que se justifica por ser também o concelho com mais população. A sede de distrito registava no final de Maio 5396, menos 214 do que em Abril. São menos 1991 inscritos no IEFP face ao mesmo mês do ano passado.
Segue-se Guimarães com 5098 desempregados, menos 86 do que em Abril. Na comparação com o mês homólogo de 2020, são menos 1038 desempregados.
Famalicão contabilizava em Maio 3239, menos 186 do que em Abril. Na comparação com Maio de 2021 são menos 1233 pessoas em busca de trabalho.

A fechar o Quadrilátero Urbano, Barcelos registava no final do mês passado 1991 desempregados, menos 15 do que em Abril. Na comparação com o mês homólogo de 2021, são menos 459 desempregados.
Com excepção de Esposende, Vila Verde e Vizela, onde se verificaram ligeiras subidas no número de desempregados, todos os outros concelhos viram o número de inscritos no IEFP baixar.
Amares terminou o mês de Maio com 466 desempregados, menos seis do que em Abril.

Em Cabeceiras de Basto, Maio fechou com 582 desempregados, menos 52 do que em Abril.
Também Celorico contabiliza menos desempregados: tinha 747 no final de Maio, menos 45 do que em Abril.
Fafe fechou o mês passado com 1731 pessoas em busca de emprego, menos 44.
Já Póvoa de Lanhoso registava em Maio menos 89 inscritos no IEFP do que em Abril. Terminou o mês passado com 624 desempregados.

Terras de Bouro também registou um decréscimo significativo no número de desempregados. Terminou Maio com 177, menos 75 do que em Abril.
Finalmente, Vieira do Minho contava em Maio 484 desempregados, menos 34 do que em Abril.
Em sentido oposto, Esposende terminou o mês passado com 674 inscritos no IEFP, mais 46 do que em Abril.
Vila Verde contava mais 30 do que em Abril, terminando o mês com 1033.
Vizela contabilizava 695 desempregados, mais 17 do que em Maio.

Alto Minho com menos inscritos nos centros de emprego

Também no Alto Minho o desemprego continua a trajectória descendente. As estatísticas do IEFP revelam que no final de Maio havia 4134 pessoas inscritas nos centros de emprego do distrito de Viana do Castelo, menos 273 do que em Abril. Na comparação com o mesmo mês de 2021, são menos 1414 pessoas desempregadas.
Viana do Castelo mantém-se como o concelho com mais desempregados, mas também foi o que registou a maior descida: terminou Maio com 1590, menos 170 do que em Abril.
Já Ponte de Lima contava 541, menos 18 do que em Abril.

O ‘top 3’ fecha com Valença que tinha no final de Maio 411 pessoas em busca de trabalho, menos oito do que em Abril.
Arcos de Valdevez contabilizava 308 desempregados, menos 49; enquanto Monção tinha 293, menos nove. Também Paredes de Coura viu o número de desempregados baixar em Maio: 211, menos 11 do que em Abril. Já Ponte da Barca que contava 161, menos 25.
Nos restantes três concelhos, o número de desempregados subiu ligeiramente: Caminha fechou Maio com 307, mais 12 do que em Abril; Melgaço tinha 102, mais dois; e Vila Nova de Cerveira 210, mais três.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho