Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Depois do InterRail para jovens aposta vai para turismo sénior
Feira semanal à francesa aproveita Agosto antes do rebuliço das obras

Depois do InterRail para jovens aposta vai para turismo sénior

Três acidentes em cruzamento com semáforos avariados

Nacional

2018-03-06 às 06h00

Patrícia Sousa

José Manuel Fernandes, um dos mentores do passe InterRail para jovens de 18 anos, avançou com a possibilidade de vir a existir também um programa de inclusão para turismo sénior.

A Comissão Europeia anunciou um orçamento de 12 milhões de euros para um programa que prevê a oferta de um passe InterRail para viajar pela Europa a cada europeu no dia em que cumpra 18 anos. Esta prenda, que foi uma proposta do eurodeputado José Manuel Fernandes, do Partido Popular Europeu e dos relatores do Orçamento, pode vir a abranger também os seniores. Este programa de inclusão poderá existir também para o turismo sénior. Aqueles que têm mais dificuldades económicas para viajar também poderão estar abrangidos por estes programas, avançou o eurodeputado, na última edição do programa Da Europa para o Minho, da rádio Antena Minho.
A Comissão Europeia deu assim o primeiro passo para aplicar a proposta do Parlamento Europeu de um Passe InterRail gratuito para europeus que façam 18 anos, dando a conhecer as diferentes culturas e a diversidade cultural que existe nos países da União Europeia, justificou José Manuel Fernandes.

Para além do ponto de vista económico, continuou o eurodeputado, o turismo também pode ser visto no espaço interno da União Europeia como um elemento fundamental para construir um verdadeiro espírito europeu e onde as diferentes culturas se devem cruzar, sendo uma mais-valia para o espírito europeu. E aqui, acrescentou José Manuel Fernandes, é preciso contar com o património, a gastronomia, a paisagem e as pessoas, porque isso serve para valorizar a União Europeia.
José Manuel Fernandes admitiu ainda que Portugal está a tirar partido do elemento segurança. Somos dos locais mais seguros e pacíficos do mundo e isso tem uma importância enorme para o turismo, a complementar a isso temos o nosso clima, a nossa gastronomia, o nosso património e outro elemento crucial que é a mobilidade e ligações aéreas, defendeu. E o eurodeputado foi mais longe: não podemos aceitar que se retirem determinados voos da TAP do aeroporto Sá Carneiro, bem como os voos low cost, que são essenciais para o crescimento do turismo do Norte.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.