Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Demissão do director abre eleições no Agrupamento de Maximinos
UMinho assegura mais de 1.5 milhões em projetos de mobilidade Erasmus+

Demissão do director abre eleições no Agrupamento de Maximinos

Escolas Básicas de Vizela já têm Tablets

As Nossas Escolas

2018-05-09 às 06h00

Teresa M. Costa

Agrupamento de Escolas de Maximinos já iniciou processo eleitoral para nova direcção depois da demissão do director, António Pereira.

A demissão do director do Agrupamento de Escolas de Maximinos, António Pereira, obriga a novo processo eleitoral que já foi desencadeado pelo Conselho Geral.
A demissão de António Pereira já foi aceite pela Directora-Geral da Administração Escolar, o que levou o Conselho Geral do Agrupamento de Escolas de Maximinos a avançar com o processo eleitoral.
Reunido anteontem, o Conselho Geral aprovou o aviso de abertura do concurso e o regulamento eleitoral, confirmou ao Correio do Minho o presidente deste órgão, Carlos Gonçalves.

O aviso de abertura do processo eleitoral foi ontem mesmo enviado para publicação em Diário da República, publicação que ditará os prazos do procedimento.
A partir do momento em que o aviso de abertura é publicado, os candidatos têm dias úteis para submeter as respectivas candidaturas à direcção.
A comissão eleitoral, já escolhida na reunião do Conselho Geral, anteontem, irá analisar as candidaturas e elaborar os relatórios sobre as mesmas, explica Carlos Gonçalves.
A apreciação das candidaturas consiste em avaliar se elas cumprem os requisitos formais.

Segue-se a avaliação dos candidatos, através de entrevista, e análise do plano de acção que se propõem executar enquanto direcção do Agrupamento.
O relatório é depois submetido ao Conselho Geral que, em função da discussão e apreciação, elegerá quem sucede a António Pereira.
De acordo com o que foi possível apurar, o número de candidatos vai ditar o desenrolar do processo eleitoral que, numa situa- çao normal, costuma durar cerca de um mês.
A lei prevê que o director demissionário assegure as funções durante 45 dias, a partir do momento em que a cessação foi aceite.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.