Correio do Minho

Braga,

- +
Crianças do João Paulo II revivem desfolhada
Populações querem mais intervenção social da GNR

Crianças do João Paulo II revivem desfolhada

Grupo M. & Costas: Mega Oferta Volkswagen é berço de oportunidades

Crianças do João Paulo II revivem desfolhada

As Nossas Escolas

2019-10-11 às 10h25

Marta Amaral Caldeira Marta Amaral Caldeira

As tradições são revividas também com entusiasmo pelos alunos do Colégio João Paulo II. Ontem mesmo, os mais novos do pré-escolar puseram ‘mãos à obra’ e levaram a cabo a desfolhada do milho, na Eira da antiga Casa da Quinta, tal como outrora...

A alegria dos mais novos a desfolhar o milho, muitos deles pela primeira vez, foi contagiante. As crianças do ensino pré-escolar do Colégio João Paulo II tiveram, ontem, a oportunidade de reviver a tradicional desfolhada de milho, junto à eira antiga da quinta, que o estabelecimento recuperou e que pretende agora valorizar e potenciar.
Ao som da música da concertina de um dos avós que animou a desfolhada, as crianças mostraram força no trabalho. “É fácil!”, confessava uma das crianças participante na actividade, entusiasmando os colegas, alegres por poder pôr ‘as mãos na massa’ e estar cá fora, na eira, a desfolhar o milho, tal como outrora se fazia no campo.

Para a educadora Paula Machado esta actividade é, sobretudo, “pedagógica”. “É muito importante mostrarmos às nossas crianças as nossas origens e a nossa cultura popular, até porque depois são matérias que continuamos a explorar na sala de aula”, referiu.
Mário Paulo Pereira, administrador do Colégio João Paulo II, assinala a importância desta iniciativa, sublinhando que “esta é uma forma de possibilitarmos às nossas crianças a vivência das tradições, tomando conhecimento de como estas e outras actividades agrícolas se realizavam, além de servir também de pedagogia no sentido de lhes mostrarmos que os produtos hortícolas não vêm do supermercado, mas que precisam de ser antes semeados ou plantados para depois de cuidados ser colhidos”.

O Colégio João Paulo II investiu 30 mil euros na recuperação da Casa da Quinta antiga que ali existia, precisamente com o objectivo de promover várias iniciativas relacionadas com as tradições, como é o caso da desfolhada de milho e muitas outras que aqui que se pretendem realizar como, por exemplo, levar as crianças a confeccionar o próprio pão. “Estamos a recuperar e adquirir alfaias agrícolas para colocar neste espaço e brevemente será aqui recolocado um lagar à moda antiga”, indicou Mário Paulo Pereira.

Horta Biológica dá exemplo de sustentabilidade

A Horta Biológica do Colégio João Paulo II é outro dos projectos mais recentes e que já lhe permitiu, por exemplo, ser auto-suficiente nas alfaces que são servidas à mesa da cantina.
“A Horta Biológica é um investimento que realizámos no sentido de aproveitarmos também mais de 1,5 hectares que dispúnhamos junto ao nosso Colégio e que é já um projecto com a devida certificação de produção biológica, que não usa pesticidas, nem herbicidas, e cujos produtos servem para consumo interno”, explicou Mário Paulo Pereira, administrador do Colégio João Paulo II.
Ao todo foram já plantadas 350 árvores de fruta, como macieiras, inclusive ‘porta-da-loja’, nogueiras, castanheiros, kiwizeiro, entre outras espécies, como amendoeiras, não tão típicas da região, mas para mostrar aos alunos a beleza da sua flor na Primavera. Além das árvores, a horta biológica vai produzir várias culturas, desde batatas, a alfaces, morangos, espargos, etc.

Deixa o teu comentário

Últimas As Nossas Escolas

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.