Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Comida asiática ‘casa’ com vinho verde da região do Minho na ‘Otsu Biru’
UMinho estuda relação entre escrita e sofrimento em estudantes universitários

Comida asiática ‘casa’ com vinho verde da região do Minho na ‘Otsu Biru’

DJ Zanova atinge a marca de um milhão de seguidores

Comida asiática ‘casa’ com vinho verde da região do Minho na ‘Otsu Biru’

Economia

2020-09-18 às 08h03

Redacção Redacção

Cerca de 90 pratos da cozinha asiática, em especial do Japão, podem ser degustados na ‘Otsu Biru’, acompanhados de vinho verde da região do Minho. Os pratos são colocados à disposição dos clientes numa mesa rolante, chamada de ‘Open Kaiten’. Os preços dos pratos, por pessoa, são de 15 euros ao almoço e 20 euros ao jantar.

O ‘Verde Cool’ é uma “iniciativa muito interessante para a cidade e para a restauração e o vinho verde é um ‘ex-libris’ da nossa região”. As palavras são de Alexandre Correia, dono da ‘Otsu Biru’ - Cervejaria e Petisqueira Japonesa.
O ‘ Verde Cool´é uma iniciativa da Associação Comercial de Braga, que já vai na sexta edição, e tem como finalidade promover os produtos, a gastronomia, os vinhos e o comércio da região. O evento decorre até ao dia 4 de Outubro, podendo os petiscos ser degustados em 44 espaços de restauração por 3,50 euros. A iniciativa conta com o apoio do jornal ‘Correio do Minho’ e da ‘Rádio Antena Minho’ (106 FM).
No caso da ‘Otsu Biru’, a promoção consta de ‘Hot Roll Cream Cheese’, acompanhado de um copo de vinho verde ‘Contreira.’

“O vinho é um que nós usamos diariamente e o ‘Hot Roll Cream Cheese’, com frutos, neste caso o morango, é um ‘best seller’ (produto mais vendido)”, explicou Alexandre Correia, na esperança de que “as pessoas entendam que a comida japonesa não é só comida crua e que também temos comida cozinhada”.
O dono da ‘Otsu Biru’ considera, também, que os vinhos verdes combinam “com a cozinha mundial, em especial a asiática. O vinho verde tem propriedades que são únicas para este tipo de comida e muita gente nem imagina esse casamento. Quando vêm cá e experimentam, sentem que há essa ligação muito forte”.

A cervejaria e pestisqueira japonesa tem ainda à disposição dos clientes pratos variados, que estão sempre a passar numa mesa rolante (Open Kaiten). “O que vende muito é o ‘Open Kaiten’, em que as pessoas conseguem comer à vontade por 15 euros, ao almoço, e por 20 euros à noite, e experimentam tudo o que nós produzimos. Temos 90 tipos de pratos e sobremesas”, frisou Alexandre Correia.
A ‘Otsu Biru’, além do espaço interior, dispõe de uma esplanada, sendo que os dois espaços cumprem com as normas da Direcção Geral da Saúde para a combate à propagação do virus da Covid-19. A paragem de dois meses devido à pandemia (Abril e Maio) deu azo à melhoria do negócio.

“Nós percebemos que o arranque na reabertura devia ser com o ‘Open Kaiten’ em todos os dias da semana, antes era apenas à segunda-feira. A população percebeu bem o conceito e para nós foi uma forma de sairmos da pandemia com menos danos. A pandemia não nos está a demover dos objectivos”, assegurou ainda Alexandre Correia.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho