Correio do Minho

Braga,

- +
Cónegos mais fortes e eficazes abatem galos muito macios
Plano para a Igualdade pronto até final de 2020

Cónegos mais fortes e eficazes abatem galos muito macios

Presépio de Priscos abre portas hoje

Cónegos mais fortes e eficazes abatem galos muito macios

Desporto

2019-08-18 às 14h00

Carlos Costinha Sousa Carlos Costinha Sousa

Dérbi minhoto terminou com o Moreirense a conquistar a primeira vitória no campeonato, perante um Gil Vicente que muito tentou, mas não mostrou capacidades para conseguir reagir à desvantagem.

Para além de todos os ingredientes normais que um dérbi minhoto já carrega, o jogo entre Moreirense e Gil Vicente tinha dois aspectos muito interessantes que centravam a atenção: ver como o Moreirense reagia à derrota da primeira jornada e como se apresentava o Gil Vicente depois da surpreendente vitória sobre o FC Porto na jornada inaugural do campeonato.
E a resposta saiu mais forte por parte dos cónegos que, mais fortes e eficazes, acabaram por levar a melhor sobre os galos, ainda muito macios neste campeo- nato da I Liga. Apesar da tentativa de reacção dos gilistas ao longo do jogo, o triunfo sorriu aos de Moreira de Cónegos por 3-0.
Começou melhor a equipa da casa, embalada para uma vitória tranquila depois de um golo madrugador de Fábio Abreu, quando corria o minuto oito. Livre cobrado por Pedro Nuno no lado esquerdo do ataque, com Fábio Abreu a aparecer para cabecear ao segundo poste. Feito o primeiro golo, os cónegos não demoraram a voltar a pressionar e a aumentar a vantagem no marcador, com golo de Bilel aos 22 minutos.
Desta vez foi Fábio Pacheco a isolar Bilel com um passe primoroso e este, perante a saída do guarda-redes Denis, só teve que escolher o lado para celebrar o segundo tento do Moreirense, que fixou o resulatdo que se verificava ao intervalo.
A segunda parte trouxe um reacção do Gil Vicente, que procurou dar a volta ao texto e conseguiu assustar algumas vezes, mas sem chegar ao golo.
E quem aproveitou foi o Moreirense que, aos 72 minutos, viu Luther Singh fixar o marcador no 3-0 final, com um grande remate de fora da área que entrou no ângulo da baliza do Gil Vicente, sem hipótese para Denis.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.