Correio do Minho

Braga, sábado

Câmara de Barcelos mantém taxas para 2019
Câmara e Pingo Doce Braga Parque levam seis mil crianças ao circo

Câmara de Barcelos mantém taxas para 2019

Câmara Municipal promove reuniões para estabelecer rede de proximidade entre baldios do concelho

Cávado

2018-09-12 às 18h44

Redacção

Câmara de Barcelos aprovou taxas da derrama, do IMI e da participação no IRS para o ano de 2019, que se vão manter iguais a este ano.

A Câmara de Barcelos não vai aumentar a carga fiscal em 2019, de acordo com a proposta aprovada em reunião do executivo municipal relativa às taxas da derrama, do IMI e da participação no IRS.
As taxas da derrama vão-se manter em 2019, com isenção da cobrança aos contribuintes com um volume de negócios até 150 mil euros e, acima deste valor, será lançada uma Derrama de 1,2% sobre o lucro tributável e não isento gerado na área geográfica do Município.
Quanto à participação no IRS dos rendimentos do ano de 2018, a taxa deverá fixar-se nos 5%, ou seja idêntica à do ano 2017.
No que concerne ao IMI, também vai ser mantida a taxas de 0,35%, bem como os valores de isenção do IMI familiar.

Neste caso, a redução da taxa de IMI, que incide sobre os prédios urbanos destinados à habitação permanente em 20, 40 e 70 euros para as famílias com um filho, com dois ou com três ou mais filhos, respectivamente.
Ainda na mesma reunião, o executivo municipal aprovou a implementação de um serviço experimental de transportes urbanos, que vai começar a operar com dois itinerários na área urbana, a partir do próximo dia 18 de Setembro.
Foi também aprovado remeter à Assembleia Municipal o reconhecimento de interesse público de uma parcela de terreno onde está projectado construir o Canil e Gatil Municipal, na União de Freguesias de Gamil e Midões.
No âmbito dos apoios sociais educativos, na mesma reunião, foi ainda deliberada a comparticipação na aquisição das fichas de trabalho de Língua Portuguesa, Matemática e Estudo do Meio a todos os alunos do 1.º ciclo do concelho de Barcelos, para o ano lectivo 2018/2019, uma medida que tem um custo estimado de 117 mil euros.

Foram, também, aprovados apoios nas refeições escolares a alunos dos jardins de infância e de escolas do 1.º ciclo do concelho: refeição gratuita a 613 alunos (Escalão A) e comparticipação em 50% do valor da refeição a 991 alunos (Escalão B).
Entre as restantes deliberações, nesta área, contam-se a atribuição de subsídio no valor de 6.500 euros ao Agrupamento de Escolas Vale D’Este, para aquisição de um pavilhão pré-fabricado; a atribuição de transporte de táxi para aluno portador de deficiência intelectual; a atribuição de um subsídio no valor 1.998 euros à U.F. de Silveiros e Rio Covo Sta. Eulália, para pagamento a tarefeira; a isenção das mensalidades relativas à utilização das Piscinas Municipais para a prática da actividade de piscina, para a época 2018/2019, por parte dos alunos das unidades de apoio educativo especializado e dos alunos com multideficiência do Agrupamento de Escolas Rosa Ramalho.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.