Correio do Minho

Braga,

- +
Clubes da Floresta unem-se pelo ambiente
Escuteiros regressam à sede com saudades

Clubes da Floresta unem-se pelo ambiente

Entrada na liga deixa a desejar

Clubes da Floresta unem-se pelo ambiente

Cávado

2010-05-09 às 06h00

Marta Amaral Caldeira Marta Amaral Caldeira

São 32 os clubes da floresta dos estabelecimentos de ensino do distrito de Braga que vão participar no 10.º encontro de clubes no próximo dia 21. A iniciativa é organizada pela autarquia esposendense e prevê uma série de actividades para um milhar e meio de alunos.

Esposende vai receber o X Encontro de Clubes da Floresta do distrito de Braga, ao longo do próximo dia 21, culminando as actividades previstas no Monte de São Lorenço. Mais de um mi- lhar e meio de alunos de 32 clubes vão participar nesta iniciativa que visa a prevenção de incêndios florestais pela educação.
Entre os principais objectivos deste encontro delineados por Jorge Laje, o coordenador distrital dos clubes da floresta, pretende-se, desta forma, “criar laços afectivos com o ambiente e a floresta, sensibilizar para a prevenção dos fogos florestais e para a preservação da biodiversidade”.
Mas não só. Além de dar a conhecer aos participantes a vertente cultural, turística e natural do concelho esposendense, esta iniciativa pretende, também, por outro lado, “proporcionar intercâmbios de experiências numa jornada pedagógica e cívica, aprendendo a comportar-se e orientar-se, por exemplo, em itinerários pedestres”.

Actividades para todo o dia
Vários itinerários pedestres com provas/questionários, jogos tradicionais no Monte de S. Lourenço, demonstrações dos meios: GNR/GIPS, bombeiros e cirurgia de árvores pela Associa-ção Florestal do Cávado são algumas das actividades lúdico-pedagógicas que decorrerão ao longo de todo o dia.
Refira-se que este encontro dos clubes da floresta distritais conta com a organização do Município de Esposende, da Escola Profissional esposendense e da Coordenação Distrital de Braga do PROSEPE/Clubes da Floresta.
Mas a iniciativa recebe também o apoio da GNR distrital e Destacamento de Barcelos, Protecção Civil Distrital, Federa-ção Distrital de Bombeiros, Bombeiros Voluntários de Esposende e Associação Florestal do Cávado.
Jorge Laje, o coordenador distrital dos clubes da floresta, continua, todavia, a apontar o dedo crítico à falta de apoio aos clubes por parte do governo central, indicando não o têm obtido nos últimos três anos. O responsável chama a atenção para a importância cívica deste projecto.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho