Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Cinco séculos do Foral de Celorico de Basto inspiram Festa das Camélias
Vitória SC cria plano de ajuda aos sócios com mais de 70 anos

Cinco séculos do Foral de Celorico de Basto inspiram Festa das Camélias

Bracarense em Berlim exercita braços com garrafões de água

Cinco séculos do Foral de Celorico de Basto inspiram Festa das Camélias

Vale do Ave

2020-02-28 às 06h00

José Paulo Silva José Paulo Silva

Rainha das Camélias revela-se nos dias 13,14 e 15 de Março. Programa da XVII Festa Internacional foi ontem apresentado. Os quinhentos anos da atribuição do Foral a Celorico de Basto é fonte de inspiração.

Os 500 anos da atribuição do Foral a Celorico de Basto constitui tema de inspiração para a XVII Festa Internacional das Camélias, que decorre nos dias 13,14 e 15 de Março, aproveitando a Câmara Municipal o evento para uma homenagem pública a António Manuel Marinho Gomes, ex-presidente da Assembleia Municipal e ex-comandante dos Bombeiros Voluntários, falecido em Setembro do ano passado.
O presidente da Câmara Municipal, Joaquim Mota e Silva, justificou ontem, na apresentação do programa da Festa, a celebração “com alegria” daquela figura de relevo da sociedade celoricense, destacando que o quinto centenário do Foral estará expresso no desfile da tarde do dia 15 de Março, com mil figurantes trajados à época manuelina.
Outro dos atractivos da edição deste ano da Festa das Camélias é um painel de 15 metros de comprimento por quatro de largura, composto por dois mil azulejos, pintados por alunos do concelho, que estará exposto junto ao edifício dos antigos Paços do Concelho.

Porque “esta não é uma festa da Câmara, é uma festa de todo o concelho, é uma festa da comunidade, porque toda a gente participa”, os idosos envolvidos no projecto ‘Celorico a Mexer’ estão a confeccionar cinco mil camélias em tecido para oferta aos visitantes e distribuição nas acções promocionais da Festa Internacional das Camélias.
O vereador Fernando Peixoto registou que o Festival Internacional das Camélias está a ser preparado há vários meses com forte envolvimento da população do concelho.
Este autarca sublinhou, por outro lado, a forte procura da Feira Internacional das Camélias por parte de produtores nacionais e de localidades da vizinha Galiza onde esta flor também é “rainha”. Os 50 espaços de exposição na Quinta do Prado estarão todos ocupados, metade dos quais por produtores galegos.

O Município de Celorico de Basto espera a visita de dezenas de milhares de pessoas nos três dias daquele que já é considerado o maior evento do concelho, reconhecido com alavanca da economia local, representando ganhos para os negócios do alojamento, restauração e comércio de produtos locais ao longo de todo o ano.
O presidente da Câmara Municipal reconhece que a produção e comercialização de produtos associados directamente às camélias, nomeadamente doçaria, licores ou objectos de merchandising, têm ainda “um campo de crescimento significativo”.
Um desfile de moda, com eleição da Rainha e Princesas das Camélias, na noite de 14 de Março, e a Batalha das Flores, na tarde do dia 15, são outros momentos marcantes da Festa Internacional das Camélias. A Câmara Municipal promete reforço de ‘munições’ para este último número do programa.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho