Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Certificação de Ambiente e Segurança foi renovada
Guimarães pretende reforçar a aprendizagem da língua francesa entre os jovens

Certificação de Ambiente e Segurança foi renovada

Vizela assinou protocolo com ACIV para prestação do serviço de delivery pelos táxis do concelho

Certificação  de Ambiente  e Segurança  foi renovada

Braga

2020-10-22 às 09h00

Redacção Redacção

AUDITORIA foi efectuada aos sistemas de Qualidade, bem como de Gestão do Ambiente e Segurança e Saúde no Trabalho.

A AGERE, Empresa de Águas, Efluentes e Resíduos de Braga concluiu com êxito a auditoria de manutenção do seu sistema de Qualidade, bem como a renovação da certificação do sistema de Gestão do Ambiente e Segurança e Saúde no Trabalho (SST), este com migração normativa para a ISO45001.
Treze anos depois de ter iniciado o processo de implementação de um SIG - Sistema Integrado de Gestão, baseado nos normativos ISO 9001, ISO14001, e OHSAS 18001 (agora ISO 45001), “a empresa não só demonstrou que este se encontra eficazmente implementado como renovou a certificação novamente sem o registo de qualquer Não Conformidade”.
Num ano particularmente difícil devido à alocação de meios e recursos para resolução das questões associadas à pandemia causada pela Covid-19 e em que a empresa envidou todos os esforços para a manutenção da qualidade do serviço, a administração da AGERE congratulou-se com o resultado da auditoria realizada pelo organismo certificador Aenor, o qual realçou “o envolvimento de todos os colaboradores na melhoria do desempenho e da sustentabilidade da Organização”, e o empenho da liderança evidenciado pela “participação da Administração e da Direcção Geral nas actividades do Sistema de Gestão Integrado”.
A contínua renovação do parque de viaturas que permitirá uma diminuição significativa das emissões de CO2, o reforço nos sistemas de informação, o grau de organização e limpeza das instalações, os investimentos efectuados ao nível de painéis fotovoltaicos, na melhoria de infra-estruturas, bem como a elevada cultura de segurança em relação aos equipamentos de protecção individual que fornece aos trabalhadores, nomeadamente as medidas adoptadas em fase de pandemia, foram alguns dos aspectos destacados pela equipa auditora como “pontos fortes” da actividade da AGERE no último ano de actividade.
Foi evidenciado o esforço da organização na redução do valor de perdas de água não conhecidas, tendo sido já reconhecido esse empenho anteriormente com o prémio da Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas (APDA) – ‘tubos de Ouro 2017’, na temática melhor acção em prol da redução das perdas de água, atribuído no âmbito do ENEG (Encontro Nacional de Entidades Gestoras).

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho