Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Centros de emprego: Desempregados inscritos já são mais de 65 mil
IPVC tem sensor ambiental para medir qualidade do ar em Valença

Centros de emprego: Desempregados inscritos já são mais de 65 mil

Investigação da UMinho alerta para necessidade de legislação sobre pirataria marítima

Centros de emprego: Desempregados inscritos  já são mais de 65 mil

Braga

2012-11-22 às 06h00

José Paulo Silva José Paulo Silva

O desemprego no distrito de Braga continua a bater recordes. No final de Outubro estavam inscritas 65 467 pessoas nos centros de emprego. Nos concelhos de Braga e Barcelos o desemprego agravou-se, ao contrário de Famalicão e Guimarães.

Citação

No final de Outubro, 65 467 desempregados do distrito de Braga estavam inscritos nos centros de emprego. O último relatório mensal do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) estabelece novo recorde do desemprego registado. Em Setembro havia 64 888 inscritos.
O concelho de Braga tem inscritos 14 555 desempregados, mais 207 do que no mês de Setembro. Inversa foi a evolução do mercado de trabalho no concelho de Guimarães que, embora pouco, vê reduzido o número de homens e mulheres inscritos no centro de emprego: 14 188 em Setembro, 14 119 em Outubro.

O centro de emprego de Famalicão teve também uma diminuição de desempregados inscritos, que são agora 10 501 contra 10 757 no final do mês de Setembro. Barcelos, por seu lado, assistiu ao aumento do número de desempregados, que são agora 7 349, contra 7 134 no final do mês de Setembro. Nos restantes concelhos do distrito de Braga, assistiu-se a um agravamento do desemprego registado, com excepção de Vizela, que passou de 2 040 para 2 037 desempregados, e Vieira do Minho que, curiosamente, manteve o mesmo número de desempregados inscritos: 946.

Desemprego ‘superior’
A análise do relatório mensal do IEFP permite constatar a existência, no distrito de Braga, de 8 156 desempregados com habilitação superior. Só no concelho de Braga são 2 574 os desempregados com diploma universitário ou politécnico, a que se somam 1 454 residentes no concelho de Guimarães com as mesmas habilitações literárias. Curiosamente, em comparação com o mês de Setembro, o número de desempregados com habilitação superior baixou nos dois maiores concelhos do distrito. Em Setembro, os desempregados com ‘canudo’ eram 2 717 no concelho de Braga e 1 507 em Guimarães. A redução pode ser explicada com o movimento de colocação de professores no arranque de mais um ano lectivo.
No final do mês de Outubro, estavam contabilizados nos centros de emprego do continente e regiões autónomas 695 000 desempregados. Os centros de emprego do distrito de Braga registavam, à mesma data, 9,4 % do total.
O número de desempregados registados em todo o país aumentou 1,7% em relação a Setembro. No distrito de Braga, a subida percentual foi de 0,9 pontos percentuais.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho