Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Central de Camionagem é para manter
Paulo Jorge: “Pelo que tem feito, o SC Braga tem tudo para disputar a eliminatória”

Central de Camionagem é para manter

Empresa Ren Portgás investe 2,4 milhões de euros em 30 quilómetros de rede

Central de Camionagem é para manter

Braga

Ontem às 06h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Câmara mantém pretensão de construir uma Gare Intermodal, que deverá localizar-se junto à nova estação de comboios, mas vai manter em funcionamento a actual Central de Camionagem, agora denominada Centro Coordenador de Transportes de Braga.

A actual Central de Camionagem, agora denominada Centro Coordenador de Transportes de Braga (CCTB), é para manter em funcionamento mesmo quando for construída a Gare Intermodal de Transportes, projecto de que a maioria no executivo municipal de Braga não abdica.
Em Março, o Município de Braga vai assumir a gestão e exploração do CCTB, tendo o respectivo regulamento sido aprovado ontem, em reunião do executivo, com as abstenções dos vereadores do PS e da CDU.
Na ocasião, Ricardo Rio admitiu que o equipamento, onde diariamente chegam milhares de pessoas a Braga, através de autocarro, está “num estado inaceitável”.
Anunciou que, no imediato, a autarquia vai promover a qualificação de alguns espaços públicos, conferindo-lhe maior dignidade, prometendo para “médio prazo” uma segunda etapa na requalificação da Central de Camionagem, que será “uma intervenção muito mais profunda” e que envolverá também a área envolvente.
O autarca lembrou que no seu programa eleitoral consta a criação de uma Estação Intermodal de Transportes. A sua localização estava apontada para Ferreiros, no eixo entre o E.Leclerc e a Estação da CP.
Entretanto, em Outubro, foi avançado que o Plano Nacional de Investimentos (PNI) 2030 contempla a construção de uma nova linha ferroviária a ligar Porto – Valença – Vigo, um investimento de 900 milhões de euros. A ligação será feita de forma faseada, dando prioridade ao troço entre Valença e Braga, deixando esta última de ser estação terminal.
A nova estação de comboios está apontada para a zona Norte da cidade e a nova Estação Intermodal de Braga deverá localizar-se junto dela.
Estas novidades não vão, porém, fazer com que se desactive a actual Central Camionagem, garantiu o presidente da Câmara Municipal de Braga reconhecendo que a sua actual localização é importante para quem diariamente se dirige para o centro da cidade.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho