Correio do Minho

Braga, sábado

CeNTI mostra como a nanotecnologia está a transformar o tecido empresarial da região Norte
Câmara Municipal reinstalou comerciantes para abrir corredor de segurança ao Hospital

CeNTI mostra como a nanotecnologia está a transformar o tecido empresarial da região Norte

Fantasporto exibe 11 filmes de alunos da UMinho

Economia

2018-02-12 às 17h33

Redacção

O evento é promovido pelo CeNTI e pelo INL Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, no âmbito do Projeto Nanotech@PT que pretende afirmar o Norte de Portugal como região pioneira na utilização da Nanotecnologia.

Mostrar como a nanotecnologia está a transformar o tecido empresarial do Norte do país, partilhar exemplos de empresas que desenvolveram ou estão a criar produtos de elevado valor acrescentado e apresentar alguns sistemas de financiamento são os objetivos principais do Dia Aberto que o CeNTI, Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes, vai realizar no próximo dia 15 de fevereiro. No mesmo local juntar-se-ão empresas, investigadores, especialistas e entidades financiadoras para debaterem e analisarem oportunidades de exploração de novas tecnologias, e que caminhos podem ainda ser trilhados no sentido de afirmar o Norte de Portugal como região pioneira na disseminação e endogeneização de nanotecnologias no tecido empresarial.

As oportunidades de financiamento e os casos de sucesso de empresas que, em parceria com o CeNTI aliaram a nanotecnologia aos seus produtos, são alguns dos temas abordados na sessão que acontece durante a manhã, no Auditório do CITEVE, em Vila Nova de Famalicão. É o caso da Têxteis Penedo SA, uma empresa com mais de 40 anos, mas que já está pronta para produzir tecidos, nomeadamente cortinas, com iluminação LED, como resultado de um projeto que desenvolveu em parceria com o CeNTI. Outro exemplo a ser abordado é o da Simoldes Plásticos SA, uma empresa também já a chegar ao 40.º aniversário e que está a utilizar a nanotecnologia em parceira com o Centro de Famalicão para inovar na indústria automóvel.

O evento é promovido pelo CeNTI e pelo INL Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia, no âmbito do Projeto Nanotech@PT que pretende afirmar o Norte de Portugal como região pioneira na utilização da Nanotecnologia. Este projeto junta um alargado conjunto de entidades, empresas, especialistas, investigadores e instituições científicas com o objetivo comum de sensibilizar e apoiar as empresas para investir na nanotecnologia, acrescentar valor, criar produtos inovadores, antecipando o futuro e respondendo aos novos desafios dos consumidores e mercados nacionais e internacionais.
Estudos realizados pela BCC Research concluem que, a nível mundial, a nanotecnologia deverá ultrapassar os 90 mil milhões de dólares em 2021, com um crescimento composto anual de 18,2%. A União Europeia considera a nanotecnologia uma aposta estratégica e definiu que, ao abrigo do programa quadro Horizonte 2020, deverão ser investidos cerca de 6 mil milhões de euros para o desenvolvimento das capacidades industriais nesta área.

O CeNTI - Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes
Com uma forte ligação ao tecido empresarial e à indústria, o CeNTI foi fundado em 2006, tem atualmente 70 colaboradores e está vocacionado para o desenvolvimento de novos produtos e soluções, tendo por base a nanotecnologia, além de materiais funcionais e inteligentes. Resulta de uma parceira entre três universidades Aveiro, Minho e Porto e três entidades tecnológicas, nomeadamente o CITEVE Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal, o CTIC Centro Tecnológico das Indústrias do Couro e o CEIIA Centro para a Excelência e Inovação na Indústria Automóvel.
Ao longo dos 12 anos de atividade, o CeNTI já participou em mais de 170 projetos com a indústria, 20 projetos europeus, 111 projetos financiados a nível Nacional, 30 projetos diretos e 9 projetos em investigação fundamental, apoiados pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT). Atualmente, está envolvido em 33 projetos no âmbito do PT2020, 12 projetos H2020 e 23 projetos diretos com clientes nas mais diversas áreas de aplicação.
O CeNTI está atualmente envolvido, como proprietário, coproprietário e/ou inventor, em 57 pedidos de patente em diversas geografias, dos quais 7 pedidos estão já concedidos.

Sobre o INL
O INL - Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia é uma organização intergovernamental criada em 2005 para fomentar a investigação interdisciplinar em Nanotecnologia e Nanociência. Realiza investigação em alta tecnologia, relacionada com nanomedicina, nanotecnologia aplicada à nanoeletrónica ambiental e de controlo alimentar e nanomáquinas e manipulação molecular em nanoescala.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.