Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Carnaval dos Arcos cativou ‘comparsas’ galegos
Com Cemitérios encerrados, Junta de Merelim (S. Pedro) e Frossos presta homenagem aos entes queridos da população

Carnaval dos Arcos cativou ‘comparsas’ galegos

Surf Clube de Viana arranca hoje com aulas de e-coaching

Carnaval dos Arcos cativou ‘comparsas’ galegos

Cávado

2020-02-26 às 06h00

Miguel Viana Miguel Viana

Mil e 700 pessoas deram vida e alegria ao Carnaval dos Arcos de Valdevez, considerado o maior corso carnavalesco do país. Entre os presentes destacaram-se os cerca de 600 componentes das sete comparsas’ (grupos) vindos da vizinha galiza.

Um “Carnaval transfronteiriço” ou “Europeu”. Foi desta forma que João Manuel Esteves, presidente da Câmara Municipal dos Arcos de Valdevez, se referiu ao corso carnavalesco, que ontem percorreu o Campo do Trasladário.
O evento, organizado pela autarquia arcuense em parceria com a associação Folia, chamou à rua cerca de 1700 mascarados, sendo que quase 600 vieram de várias localidades galegas (Ponteareas, Salceda, Tomiño, Vigo e Foz), integrados em ‘comparsas’.
“Vieram dezenas de espanhóis participar porque ouviram falar do nosso Carnaval. É um grande Carnaval transfronteiriço. É uma grande festa dos Arcos de Valdevez e da Região Norte”, disse o autarca arcuense. João Manuel Esteves frisou que a internacionalização pode vir a ser uma aposta da organização. “É uma experiência interessante que pode levar a esse caminho. Porque não fazer desta uma grande festa de portugueses e espanhóis? A fronteira pode ser um elemento de agregação.
Os grupos e colectividades participantes apresentaram coreografias com os mais diversos temas tais como ‘A Fantasia da Morte’, ‘O Carro dos Políticos’, ‘Aladin’, ou ‘A Magia do Inverno’ , além das mais diversas cenas do quotidiano ou tradições das freguesias.
Ao longo do percurso, com cerca de dois quilómetros, foram milhares as pessoas que se posicionaram para assistir ao desfile. O corso carnavalesco ligou a Rotunda da Família, à Ponte Nova, com passagem pelo Campo do Trasladário e terminou com um baile de Carnaval pelo conjunto ‘Curtisom’.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho