Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Carlos Carvalhal: “Saímos da Liga Europa de cabeça bem levantada”
Desconfinamento atrai mais clientes às lojas e significa esperança na retoma económica

Carlos Carvalhal: “Saímos da Liga Europa de cabeça bem levantada”

Universidade do Minho abre as portas em formato online

Carlos Carvalhal: “Saímos da Liga Europa de cabeça bem levantada”

Desporto

2021-02-26 às 06h00

Miguel Machado Miguel Machado

Técnico estava triste no final do jogo pela eliminação das provas europeias, mas gostou da atitude como os seus jogadores se bateram na capital italiana, e deu os parabéns à Roma.

Sem dramas nem desculpas, o treinador do SC Braga aceitou com desportivismo a eliminação dos Guerreiros do Minho da Liga Europa aos pés da Roma. Carlos Carvalhal deixou ainda elogios aos seus jogadores pela forma como se bateram neste jogo, apesar da tarefa difícil pelo facto de terem perdido por 2-0 em casa na primeira mão.
“Saímos desta competição sendo eliminados por uma grande equipa, potencial candidata a vencer a Liga Europa deste ano, uma equipa com muita organização e algum grau de cinismo. Apraz-me dizer que fomos bravos nos dois jogos. Os jogadores nunca viraram a cara à luta em nenhum dos dois jogos”, afirmou o treinador bracarense após o jogo disputado em Roma.
Carvalhal afirmou ainda que a equipa do SC Braga jogou “aberta” sempre “a tentar chegar ao golo e lutámos até ao limite das nossas forças. Hoje, poderíamos ter feito mais golos. Até tivemos mais oportunidades do que no jogo em casa. Parabéns à Roma, porque é uma super-equipa e foi melhor, mas também aos meus jogadores, porque foram muito competentes”, apontou Carlos Carvalhal, acrescentando: “saímos inteiros deste jogo e preparados para o que aí vem”.
Ainda sobre este jogo da segunda mão dos 16 avos de final o treinador arsenalista enfatizou: “é nossa aposta esta época não negligenciar nenhum jogo ou competição. Hoje, jogámos para ganhar. O adversário foi mais forte e eficaz. Agora, vamos encarar o resto do campeonato.”
Sobre as várias alterações que fez no onze inicial, o treinador do SC Braga justificou as suas apostas na equipa.
“ Infelizmente, pelas lesões graves que tivemos já não tenho dois jogadores por posição. Pergunto se era possível não ser assim. Se não for assim, estoura-se três jogadores ou quatro e aí é que fico sem jogadores. A minha confiança nos jogadores é total. E avançaram os que entendi estarem melhor preparados”, afirmou Carvalhal.
De queixo levantado e sem lamentações, o treinador do SC Braga aponta já aos próximos desafios: “A promessa que fizemos aos nossos adeptos foi jogar para ganhar os jogos todos. Hoje perdemos mas jogámos para ganhar, tal como na 1.ª mão. Fizemos o nosso papel e o que prometemos: lutar até ao limite. Gostaria de continuar na Liga Europa e de sentir as mesmas dificuldades que temos sentido. Agora vamos jogar no domingo na Madeira, e depois o jogo com o FC Porto na quarta-feira”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho