Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
CAO para crianças autistas abre hoje
Rúben Amorim: “não nos vamos desviar da nossa ideia de dominar”

CAO para crianças autistas abre hoje

Crianças do Agrupamento de Escolas cantaram os Reis

CAO para crianças autistas abre hoje

Braga

2015-09-26 às 09h18

Redacção Redacção

O Centro de Actividades Ocupacionais (CAO) da AIA - Associação para a Inclusão e Apoio ao Autista, instalado na antiga Escola Primária do Assento, em Palmeira, é inaugurado hoje, contando com a presença do presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio.

O Centro de Actividades Ocupacionais (CAO) da AIA - Associação para a Inclusão e Apoio ao Autista, instalado na antiga Escola Primária do Assento, em Palmeira, é inaugurado hoje, contando com a presença do presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio.

O CAO vai dar uma resposta há muito aguardada pelas famílias das 15 crianças e jovens autistas que vão agora beneficiar desta valência. “No distrito de Braga não existe nenhuma associação direccionada para a problemática do autismo, existem muitas associações vocacionadas para a multideficiência. A AIA pretende dar resposta, exclusivamente, às perturbações do espectro do autismo. Além disso, as que existem estão lotadas e não têm vagas para os utentes”, defendeu, já por diversas vezes, a presidente da associação, Ana Paula Leite.

A obra, que custou 174 mil euros e é comparticipada em 70 mil euros pelo fundo social europeu, iniciou-se em Março deste ano.
Ana Paula Leite assegurou, na altura, que logo que a obra estivesse licenciada, se reuniria com o director da Segurança Social para a celebração de acordos de cooperação para os 15 utentes que o CAO.

De destacar que no dia da Consciencialização do Autismo, que se assinala a 2 de Abril, a AIA realizou a cerimónia simbólica de lançamento da primeira pedra da obra de reabilitação e ampliação da antiga escola primária do Assento.

Na altura, o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, não faltou ao “momento marcante” para a associação. “Podemos ajudar de várias formas: mobilizar alguns agentes da nossa sociedade no sentido de prestarem algum apoio a estes projectos de cariz social” afirmou, anunciando: “a câmara tentará potenciar as iniciativas da AIA, a possibilidade de prestação directa de cariz financeiro a projectos desta natureza e ainda o apoio adicional, mobilizando recursos junto do Estado Central e celebração de acordos de colaboração”.
O autarca realçou ainda que “projectos desta natureza têm que ser sentidos por toda a comunidade bracarense”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.