Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Cão Danado inaugura ‘casa nova’ com ‘Visões.2’ em Famalicão
UMinho investiga tratamento de tumores cerebrais

Cão Danado inaugura ‘casa nova’ com ‘Visões.2’ em Famalicão

Acusado de homicídio qualificado por assassinar ex-namorado

Vale do Ave

2019-01-12 às 06h00

Marta Amaral Caldeira

No próximo dia 19, o grupo artístico Cão Danado, nascido em Braga, assenta arraiais em Vila Nova de Famalicão, no espaço devoluto da antiga ‘Reguladora’ e com a estreia do espectáculo ‘Visões.2’.

Um dos edifícios da antiga e devoluta Fábrica da Reguladora de Vila Nova de Famalicão está transformado na nova casa do projecto artístico Cão Danado. O espaço vai ser inaugurado no próximo dia 19, às 21 horas, juntamente com o espectáculo de estreia ‘Visões.2’, que terá lugar uma hora depois.
Com predilecção por ocupar espaços emblemáticos do património industrial devoluto, a companhia artística nasceu em Braga, onde estrearam com um primeiro espectáculo na antiga Fábrica Confiança em 2001, mas as suas produções têm percorrido o país, contando com o apoio da Direcção-Geral das Artes. Agora, a Cão Danado, diz ter encontrado as “condições ide- ais” em Vila Nova de Famalicão para florescer e fazer florescer outros projectos artísticos, acima de tudo pelo “ambiente cultural” que exibe.

O presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, assinalou que “é um privilégio termos este projecto”, indicando que “Famalicão tem uma ambição da cultura arrojada, desde há uns anos a esta parte, mas há sempre espaço para continuarmos a trajectória de crescimento de projectos culturais”, sobretudo cruzando várias áreas desde a Educação ao Ambiente. O autarca destaca a “atractividade” do concelho famalicense, levando a que muitos grupos ligados à Cultura o escolham como o espaço ideal para o desenvolvimento dos seus projectos. “É muito gratificante para Vila Nova de Famalicão perceber que consegue atrair este tipo de projectos e ver este projecto cultural do Cão Danado - que vem prolongar a vida de ‘A Reguladora’, que está ainda muito enraizada na nossa sociedade, trazendo-a para o nosso quotidiano”, sublinhou o edil Paulo Cunha.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.