Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Candidatura a CEC 2027 apresentada a deputados
Uma tarde para todos experimentarmos “Os Vestidos do Tiago” no CCVF

Candidatura a CEC 2027 apresentada a deputados

Município de Esposende garante iluminação natalícia em todo o concelho

Candidatura a CEC 2027 apresentada a deputados

Braga

2022-09-28 às 12h00

Redacção Redacção

DEPUTADOS da Assembleia da República visitaram ontem Braga para conhecer o processo de candidatura a Capital Europeia da Cultura 2027. Comitiva foi recebida nos Paços do Concelho e passou pelo gnration e pelo Theatro Circo.

Citação

A Comissão de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto (CCJD) da Assembleia da República realizou ontem uma visita de trabalho a Braga no âmbito da candidatura a Capital Europeia da Cultura (CEC) em 2027.
Os membros da CCJD foram recebidos por Ricardo Rio, nos Paços do Concelho, onde o presidente da Câmara garantiu que “a cultura é uma aposta deste executivo enquanto vector central de desenvolvimento da cidade”, destacando o enriquecimento proporcionado pelo processo de candidatura, “independentemente do resultado final”.
“A cultura é um factor de transformação dos territórios, tornando-os mais competitivos. Investimos 4% do orçamento nesta área em 2017, subimos para 8% em 2022 e temos a expectativa de chegar a 10% em 2028. Houve ainda um forte crescimento do apoio directo aos agentes culturais – de 600 mil euros em 2017 para cerca de 1,5 milhões de euros -, valor que se manteve e foi reforçado com linhas de apoio específicas durante a pandemia”, recordou o edil. Acrescentou ainda que “esta aposta na cultura também é visível nos novos desafios da cidade”, que em 2017 Braga foi designada Cidade Criativa da UNESCO na área das Media Arts e tem vindo a desenvolver um programa específico no sector. “Como resultado, é já possível verificar o crescimento dos públicos que, nos principais espaços culturais, cresceram cerca de 40% nos últimos anos”, disse.
“A necessidade de concertar esforços e estratégias levou à decisão simultânea de candidatar Braga a CEC e começar por definir uma estratégia de desenvolvimento a longo prazo, fruto de um processo longo e plural de auscultação dos agentes locais e envolvimento Esta estratégia, denominada de Braga Cultura 2030, foi aprovada em 2020 e antevê uma cidade culturalmente vibrante, e atractiva onde a cultura está no centro do seu desenvolvimento sustentável e a qualidade de vida”, salientou.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade
Tudo bons rapazes
Desporto

Tudo bons rapazes

03 Dezembro 2022

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho