Correio do Minho

Braga,

- +
Campanha de apoio foi “um sucesso”
Câmara de Braga inicia testagem a colaboradores das PME’s do Concelho

Campanha de apoio foi “um sucesso”

Zet Gallery empodera mulheres artistas com mostra que alerta para a Igualdade

Campanha de apoio foi “um sucesso”

Cávado

2021-05-16 às 08h03

Redacção Redacção

Foram mais de 5000 cupões numa iniciativa de apoio ao comércio local. Foram campanhas digitais, vouchers de compras e de refeições, sorteios que ajudam a dinamizar comércio de Amares, Terras de Bouro e Vila Verde.

Mais de 5000 cupões entraram na tombola, para o sorteio das campanhas de apoio ao comércio local desenvolvidas junto dos espaços de comércio de Vila Verde, desde o Natal até esta data. O sorteio foi realizado no Salão Nobre dos Paços do Concelho, com a presença de representantes do comércio local e entidades oficiais. Os vouchers agora sorteados vão ser descontados em compras no comércio local.
“Foi um sucesso e, sobretudo, estamos contentes por registar a satisfação dos comerciantes e a forma muito positiva como aderiram os vilaverdenses e outros clientes externos”, vinca o Presidente da Associação Empresarial do Vale do Homem, José Manuel Lopes .

A campanha teve início em Novembro último, com uma interrupção devido às restrições impostas pela pandemia, mas conclui-se agora, cerca de um mês após a reabertura dos espaços de comércio local.
O projecto desenvolvido pela Associação Empresarial do Vale do Homem incorporou um conjunto de iniciativas de apoio ao comércio, restauração, alojamento e similares para o período da época natalícia e final de ano. O lançamento de cupões de descontos, promoção gratuita nos espaços digitais, o sorteio de mais de 1.500€ em vouchers de compras no comércio local e mais de 3.000€ em vouchers de desconto nos restaurantes aderentes pretenderam, assim, atrair clientes aos espaços/lojas de comércio, restauração, alojamento e similares.
“A conclusão é taxativa: correu muito acima do esperado e com um retorno muito bom junto dos espaços de comércio”, advoga José Manuel Lopes, que destaca o facto de “a juntar à dinâmica gerada, temos que destacar que todo o investimento feito reverte para os comerciantes”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho