Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Caminho caseiro para o golo é mais simples
Vila Verde: Tradicional malhada de feijão reforça vitalidade do mundo rural

Caminho caseiro para o golo é mais simples

Plano de Valorização do Santuário da Peneda apresentado durante romaria

Caminho caseiro para o golo é mais simples

Desporto

2021-12-04 às 14h00

Ricardo Anselmo Ricardo Anselmo

Produção ofensiva como anfitrião no último mês foi avassaladora em comparação com o registo fora de portas. Tendência para seguir amanhã.

Citação

Golos em catadupa é cenário que as balizas da Pedreira, ocupadas por adversários do SC Braga, naturalmente, têm visto com frequência nos últimos tempos. Sobretudo no mês de Novembro, que coincidiu com o período em que a equipa começou realmente a esboçar e a confirmar a subida de forma preconizada por Carlos Carvalhal.
No total, neste período mais recente, foram quatro os jogos realizados dentro de portas, frente a Portimonense, Ludogorets, Santa Clara e Vizela, com um total de 17 golos marcados.
Para se perceber o peso destes números basta considerar que, nos seis jogos anteriores disputados em casa o SC Braga tinha marcado apenas... nove golos.
São, portanto, números que sustentam a tese de que, realmente, as dinâmicas e a ideia de jogo estão a ser cada vez mais e melhor incorporadas pelos (novos) jogadores, que ajudam a elevar o nível do colectivo.
O adversário de amanhã, o Estoril, que vai disputando neste momento o 4.º lugar com o SC Braga, é mais um osso duro de roer, seja pela qualidade que a equipa vem exibindo esta temporada, seja pela força dos números, que indicam que, fora de portas, ainda não perdeu nenhum jogo, somando quatro triunfos e dois empates.
É, portanto, mais um teste à capacidade e à veia goleadora da formação orientada por Carlos Carvalhal, contra aquela que é a quarta melhor defesa do campeonato, só atrás de Sporting, Benfica e Porto.
Outro dos desafios será também começar a garantir alguma consistência ao nível dos triunfos, já que, até ao momento, só por uma vez a equipa conseguiu duas vitórias seguidas na I Liga (1-0 em Barcelos e 3-0 com o Portimonense, precisamente no início da série produtiva em casa) ainda que com um empate pelo meio, com o Paços, para a Taça da Liga.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho