Correio do Minho

Braga, sexta-feira

Caminha: Vilar de Mouros com 50% da Rede de Saneamento instalada
Politécnicos do Minho reforçam oferta com dois novos cursos

Caminha: Vilar de Mouros com 50% da Rede de Saneamento instalada

Projecto ‘MyMachine’ constrói máquinas idealizadas por crianças

Alto Minho

2018-06-18 às 19h30

Redacção

Os trabalhos de execução da rede de saneamento de Vilar de Mouros estão concluídos em quase 50%. Trata-se de um investimento que ronda os 800 mil euros.

Os trabalhos de execução da rede de saneamento de Vilar de Mouros estão concluídos em quase 50%. Trata-se de um investimento que ronda os 800 mil euros e a obra foi alvo, no passado dia 14 de Junho, de uma visita técnica, em que participaram o vereador das Obras Públicas, Rui Lages, e o presidente da Junta de Freguesia, Carlos Alves.

A principal frente de obra desenvolve-se agora na parte norte da Estrada do Funchal, uma das principais artérias da freguesia, onde, de resto, têm sido realizados importantes investimentos particulares nos últimos anos. O mais recente é um restaurante, sendo o mais avultado um resort de quatro estrelas, que nasceu no antigo parque de campismo.

O vereador e o presidente da Junta fizeram-se acompanhar do técnico do Município que está a acompanhar a obra e reuniram no local com o empreiteiro. A natureza geológica do solo não tem permitido avançar mais rapidamente, mas, ainda assim, os trabalhos têm progredido a bom ritmo, estando cerca de metade da rede já colocada.

Dotar as freguesias do concelho das infra-estruturas necessárias para melhorar a qualidade de vida dos munícipes é uma das apostas do executivo caminhense. São muitas as obras já efetuadas, como por exemplo: execução da rede de drenagem da Ribeira das Preces, em Moledo; rede de saneamento zona Sul Vila Praia de Âncora, Vile e Riba de Âncora; execução da rede de saneamento da Meia Légua em Moledo; execução da 'Infraestrutura em 'baixa' do subsistema de Aspra, Viso e Currais - 1.ª fase', na freguesia de Âncora, entre outras.

Destaque, ainda, para além da Rede de Saneamento de Vilar de Mouros, para a execução da rede de saneamento e sistemas de interseção e elevação de Argela (investimento da ordem do milhão de euros) e para a rede de saneamento de Aspra, Viso, Currais e Igreja, na freguesia de Âncora, orçada em meio milhão de euros. Estas obras são financiadas pelo POSEUR - Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.