Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Câmara Municipal lidera projecto das 'Cidades Âncora para a Economia Azul'
Conselho Municipal da Juventude povoense vai lançar OPJ (Orçamento Participativo da Juventude)

Câmara Municipal lidera projecto das 'Cidades Âncora para a Economia Azul'

Equipa da UMinho propõe tratamento promissor para a doença de Machado-Joseph

Câmara Municipal lidera projecto das 'Cidades Âncora para a Economia Azul'

Alto Minho

2024-01-11 às 14h58

Redacção Redacção

O protocolo assinado por várias entidades sublinha a agenda Urbana da Economia do Mar.

Citação

A Câmara Municipal de Viana do Castelo vai encabeçar uma candidatura para criar uma rede urbana inter-regional denominada 'Cidades Âncora para a Economia Azul'. Para tal, assinou um protocolo para constituir um consórcio com diversas entidades nacionais para criar uma plataforma de entendimento para fomentar a economia azul através de investimentos prioritários.

Esta ITI – Rede Urbana Inter-regional dos programas Regionais Norte2030, Centro2030, Lisboa2030, Alentejo 2030 e Algarve 2023 é liderada pelo Município de Viana do Castelo, juntamente com Aveiro, Lagoa, Oeiras, Peniche, Portimão, Setúbal, Sines e com o Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR), Fórum Oceano, Sines Tecnopolo – Associação Centro de Incubação de Empresas de Base Tecnológica Vasco da Gama e a Universidade do Minho.

Este consórcio visa congregar os interesses e meios e concertar as actividades e capacidades dos seus membros para criar esta rede de cidades âncora. Viana do Castelo fica, assim, responsável, pela dinamização do processo de preparação e submissão da candidatura perante as Autoridades de Gestão dos Programas Operacionais financiadores.

De entre os investimentos prioritários previstos neste protocolo, destaca-se a Agenda Urbana da Economia do Mar, ‘living labs’ azuis, estudos e planos diversos, a construção, por exemplo, de entrepostos de processamento e valorização de biomassa, a realização de roteiros turísticos, etc..

Viana do Castelo tem liderado o processo da economia do mar, sendo que tem ainda uma Agenda do Mar 2030, que integra diferentes eixos: Centro Tecnológico Internacional das Energias Renováveis Offshore; Plataforma Integrada de Desenvolvimento Sustentável e de Aceleração da Inovação Azul Ancorada no Porto Marítimo; Alavanca da Reindustrialização Azul Através da Construção, Reparação e Conversão Naval; Destino de Excelência de Experiências Náuticas Sustentáveis de Alto Valor Acrescentado; Aliança entre Natureza, Tecnologia, Turismo, Recreio, Desporto, Educação, Literacia e Cultura; Maternidade de Vida Marinha com Aquacultura e Pesca Sustentáveis; e Rede de Promotores da Economia do Mar em Viana do Castelo.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho