Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Cabeceiras já tem Contentores Subterrâneos para lixo indiferenciado
Rock turco esta sexta-feira no Theatro Circo

Cabeceiras já tem Contentores Subterrâneos para lixo indiferenciado

Liga Revelação (Sub-23) tem arranque marcado para o fim-de-semana

Vale do Ave

2018-05-24 às 22h20

Redacção

A ação vem completar a candidatura a fundos comunitários (POSEUR) que foi concluída no final do ano de 2017 e que incluiu a instalação de 34 conjuntos de ecopontos que já estão em pleno funcionamento.

Ficou concluída no passado dia 18 de Maio a instalação de 12 contentores subterrâneos para deposição de resíduos sólidos urbanos indiferenciados nas três vilas do concelho: nove em Refojos de Basto, dois no Arco de Baúlhe e um em Cavez, instalados junto dos ecopontos subterrâneos destinados à recolha seletiva (embalagens, papel, vidro e pilhões).

A capacidade dos contentores instalados é de 3 ou 5 m3, o que equivale a uma capacidade 3 ou 5 vezes maior que os contentores de superfície convencionais.

Esta ação vem completar a candidatura a fundos comunitários (POSEUR) que foi concluída no final do ano de 2017 e que incluiu a instalação de 34 conjuntos de ecopontos que já estão em pleno funcionamento.

de salientar que a empreitada de instalação de 34 ecopontos subterrâneos para recolha seletiva e 12 unidades de recolha de resíduos domésticos orgânicos indiferenciados nas vilas de Cabeceiras de Basto, Arco de Baúlhe e Cavez mas também em Basto e Alvite, foi adjudicada por 465 mil euros.

Com a conclusão desta ação, o concelho de Cabeceiras de Basto aumentou o número de ecopontos de 48 para 82. De salientar que foram relocalizados 16 dos antigos contentores de superfície para locais que não eram anteriormente servidos.

Vão agora ser feitos testes de verificação das condições de recolha que não podem ser realizadas pelas equipas municipais mas sim por firma externa com equipamentos adequados e, brevemente, estarão, assim, em pleno funcionamento melhorando a oferta para deposição de resíduos domésticos e com isto melhorando a qualidade ambiental.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.