Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +
Braga: Movimento luta pelo fim da austeridade
Futura estrela mexicana já veste as cores dos Guerreiros do Minho

Braga: Movimento luta pelo fim da austeridade

A Oficina “desconfina” em 2022 com direcção de Sara Barros Leitão

Braga: Movimento luta pelo fim da austeridade

Braga

2013-03-01 às 06h00

Libânia Pereira Libânia Pereira

O movimento ‘Que se lixe a troika’ - Braga revelou, ontem, em conferência de imprensa, que tem esperança de que a manifestação que se realizará amanhã, em várias cidades do país, contribua para o fim da política de austeridade em Portugal.

Citação

Está marcada para amanhã mais uma manifestação contra as políticas de austeridade, desta vez com o tema ‘O povo é quem mais ordena’, “uma iniciativa cidadã, que visa a suspensão deste caminho de austeridade e a demissão do Governo”, afirmou Alexandra Vieira, membro do movimento ‘Que se lixe a troika’ - Braga.
O movimento responsável pela convocação da manifestação que terá lugar amanhã por todo o país explicou, ontem, em conferência de imprensa, que “o grave empobrecimento, e o retrocesso civilizacional provocados pela política de austeridade” são os motivos que levaram à organização de mais esta iniciativa.
Alexandra Vieira realçou “o ataque que está a ser feito ao estado social, nomeadamente, à educação, à escola pública, à saúde, à questão da segurança social”, e frisou que “se continuarmos neste caminho o país ficará ainda mais pobre e no final das contas a dívida manter-se-á, e, provavelmente, será ainda maior. Definitivamente este não é o caminho”.
Para Eduardo Velosa, também ele membro do movimento ‘Que se lixe a troika’, a manifestação que se realizará no dia de amanhã será “uma excelente oportunidade para todos saírem à rua, e mostrarem o seu descontentamento com este Governo e com estas políticas”.
O aumento do desemprego, da emigração, da precariedade levam ao descontentamento geral da população, e por isso Eduardo Velosa diz notar que existe “uma adesão muito grande por parte da população em geral, uma simpatia por esta manifestação. Acredito que as pessoas têm cada vez mais a consciência de que é preciso fazer alguma coisa para travar este Governo, para travar estas políticas”, garantiu. “Não tenho dúvidas de que será uma grande manifestação e de que este Governo está por um fio, só temos que lhe dar um empurrão para eles se irem embora”, acrescentou o mesmo.
O desejo é que este sábado seja marcado por mais “uma grande manifestação, se possível até superior à de 15 de Setembro”, disse Adelino Mota, do movimento ‘Que se lixe a troika’, acrescentando que “este Governo está a fazer o contrário do que prometeu e a trair a confiança que o povo nele depositou. Esperamos que esta grande jornada de luta que vai ser feita por todo o país seja o empurrão final para que a troika e este Governo desapareçam da governação de Portugal”.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho