Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Braga: Estrutura dos 'Encontros da Imagem' cria escola de formação em artes visuais
Abel Ferreira: “Se é para isto, tirem o VAR deixem-nos errar à vontade”

Braga: Estrutura dos 'Encontros da Imagem' cria escola de formação em artes visuais

Escolas de Famalicão não perdem cinema de qualidade

Braga

2010-03-18 às 20h59

Lusa

A estrutura dos 'Encontros da Imagem' vai criar uma escola de formação na área das artes visuais, com o nome de 'Gare', para estimular a formação nas artes visuais e na fotografia, disse hoje fonte do organismo.

A estrutura dos 'Encontros da Imagem' vai criar uma escola de formação na área das artes visuais, com o nome de 'Gare', para estimular a formação nas artes visuais e na fotografia, disse hoje fonte do organismo.

Segundo Rui Prata, diretor dos 'Encontros' e do Museu da Imagem, a estrutura quer ser 'um lugar de chegada de novos conhecimentos e lugar de partida de novas aventuras artísticas, sendo igualmente um local de encontro e de troca de experiências'.

O nome Gare foi escolhido dado que a escola irá ocupar um espaço do edifício da antiga Estação de Caminhos-de-Ferro, à luz do compromisso firmado com a Câmara Municipal de Braga.

Rui Prata sublinha que os 'Encontros da Imagem' pretendem criar a partir deste projeto 'um pólo de efervescência cultural consubstanciado numa proposta didática mais aprofundada, desenvolvendo cursos de formação artística que visam a realização pessoal e profissional dos formandos'.

Nesta fase de arranque, a 'Gare' vai ficar instalada no centro histórico, em instalações municipais da Rua D. Afonso Henriques, cedidas pela Associação de Solidariedade Social de Santa Maria, num espaço 'equipado com tecnologias adequadas ao ensino eficaz de cada módulo' do primeiro curso que arranca nos próximos dias.

'O momento do arranque é estruturado em módulos individuais, de diferentes áreas, embora com particular enfoque na fotografia; a partir de outubro, então já a funcionar na Estação dos Caminhos de Ferro, daremos início a planos de cursos completos e a novos módulos independentes', explica Prata.

A iniciativa conta já com um plano estruturado que - num horário das 18:00 às 20:30 às quartas feiras, ou das 21:00 às 23:30 às sextas feiras - discrimina 30 horas para 'Fotografia I', 30 para 'Laboratório Digital I', 30 para 'Laboratório Digital II', 25 para 'História da Fotografia', 20 para ''Fotografia Contemporânea', 30 para 'Design Gráfico I' e 30 para 'Design Gráfico II' e, finalmente, seis horas para 'Pinhole', estas ao sábado.

***Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico***

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.