Correio do Minho

Braga, sexta-feira

Braga é este ano capital jovem da Segurança Rodoviária
Câmara de Famalicão investe 60 mil euros para instalar balcão dos CTT na Junta

Braga é este ano capital jovem da Segurança Rodoviária

Guimarães: Maior proximidade e facilitação de processos com novo Portal do Associativismo

Braga

2014-01-17 às 06h00

Redacção

Este ano a cidade de Braga vai tornar-se a Capital Jovem da Segurança Rodoviária. O presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, destaca que o projecto vai ajudar a sensibilizar bracarenses.

Braga é este ano a Capital Jovem da Segurança Rodoviária. Este é um projecto promovido pela ‘Fórum Estudante’, que em parceria com o Automóvel Club de Portugal e a BP tem desenvolvido um conjunto significativo de acções para promover a educação para a segurança nas
estradas. “Queremos fazer das nossas estradas locais mais seguros para todos. Por isso, é com enorme prazer que aceitamos ser Capital Jovem da Segurança Rodoviária em 2014”, destaca Ricardo Rio, presidente da Câmara de Braga.

Segundo o autarca bracarense, os acidentes rodoviários provocam um enorme choque social, pelo grande impacto que têm nos números da mortalidade juvenil e pelas graves consequências físicas e psicológicas que provocam nas vítimas, considerando que esta é uma forma de sensibilizar a comunidade. Refira-se que esta é também a década (2011-2020) que as próprias Nações Unidas decretaram de acção e de trabalho para a segurança rodoviária, aumentando ainda mais a pertinência desta iniciativa.

Ricardo Rio diz que é fundamental envolver toda a comunidade nesta iniciativa, no sentido de que possa alcançar os objectivos a que se propõe. “Vamos liderar um projecto que procuraremos que englobe todos os principais agentes locais, como as universidades, escolas, forças policiais, associações, juntas de freguesia, protecção civil, Cruz Vermelha, etc.”, disse, assinalando que a autarquia pretende que a sociedade bracarense possa contribuir no sentido de reforçar a capacidade de divulgação da iniciativa e de sensibilização da população mais jovem.
Em 2013, Coimbra foi a cidade distinguida com este título. Já a partir do mês de Janeiro, irá iniciar-se em Braga o programa de actividades que vai envolver toda esta comunidade e que visa evitar os trágicos acidentes a que se vai assistindo um pouco por todo o concelho. “Este é mais um passo para colocar Braga no mapa nacional pelas melhores razões”, acredita Ricardo Rio.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.