Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Bombeiros Voluntários de Braga definem equipa de comando e hierarquia interna
Sindicato e bolseiros denunciam “roubo” salarial na integração de precários

Bombeiros Voluntários de Braga definem equipa de comando e hierarquia interna

Câmara de Arcos de Valdevez investe na promoção de Sistelo

Bombeiros Voluntários de Braga definem equipa de comando e hierarquia interna

Braga

2020-01-19 às 12h00

Teresa M. Costa Teresa M. Costa

APROVADA pela direcção a equipa de Comando dos Bombeiros Voluntários de Braga será liderada pelo actual comandante em substituição, Pedro Ribeiro. Promoções possibilitam progressão das diferentes classes na hierarquia interna.

Há cerca de um ano como comandante em substituição, Pedro Ribeiro viu agora a direcção da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Braga reforçar a confiança em si depositada ao propô-lo para comandante.
Escolhido o comandante, cuja nomeação segue os trâmites legais, coube a Pedro Ribeiro indicar os nomes para completar a equipa de comando com a escolha a recair no sub-chefe Pedro Dias, para 2.º comandante, e na sub-chefe Cátia Silva, para adjunta de comando.
A direcção aceitou e aprovou a proposta e falta agora que os três cumpram a formação específica necessária para desempenhar as respectivas funções, explicou ao “Correio do Minho” o presidente da direcção da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Braga, capitão António Ferreira.
A formação para elementos do comando é ministrada pela Escola Nacional de Bombeiros (ENB) o deverá acontecer nos próximos meses.
António Ferreira acredita que o comando será empossado a tempo da fase mais crítica de incêndios florestais.
Para o dirigente dos Bombeiros Voluntários de Braga, a formalização de uma estrutura de comando “é uma boa notícia”.
O capitão António Ferreira, que se assume satisfeito com a solução encontrada, acredita no potencial da futura equipa de comundo por se tratar de “elementos nascidos e formados nos Bombeiros Voluntários de Braga”.
Enquanto esperam pela formação, os três elementos já vão cumprindo os seus papéis, refere o dirigente, satisfeito por “ao fim de duas décadas termos um corpo de bombeiros com uma estrutura de comando e com uma hierarquia definida”.
Além de uma estrutura de comando, os Bombeiros Voluntários de Braga estão a definir a sua hierarquia com a promoção de bombeiros e chefias.
A mais recente foi a promoção de sete bombeiros de 3.ª para 2.ª classe.
Outros sete bombeiros preparam-se para as provas finais que vão possibilitar a promoção da 2.ª para a 1.ª classe.
A nível das chefias, quatro sub-chefes realizaram provas teóricas, faltando apenas as provas práticas, para serem promovidos a chefes.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.