Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Bombeiros Sapadores ajudam Abandoned Pets a resgatar dois cães em Padim da Graça
Viana do Castelo: Museus municipais e Biblioteca encerram às 13h00 nos próximos dois fins-de-semana prolongados

Bombeiros Sapadores ajudam Abandoned Pets a resgatar dois cães em Padim da Graça

Barcelos mantém liderança distrital no ranking de melhor eficiência financeira

Bombeiros Sapadores ajudam Abandoned Pets a resgatar dois cães em Padim da Graça

Braga

2020-09-04 às 08h00

Marta Amaral Caldeira Marta Amaral Caldeira

Os dois animais encontravam-se em perigo numa escarpa num monte de Padim da Graça e pertenciam a uma matilha que a Associação Abandoned Pets já andava a acompanhar há um ano e meio. A captura dos dois cães virou um resgate dos Sapadores.


Dois cães, com cerca de três meses, foram resgatados recentemente de uma matilha existente em Padim da Graça pela ‘mão’ dos Bombeiros Sapadores de Braga e da Associação Abandoned Pets. Os animais estão em segurança e neste momento estão à espera de ser adoptados.
Os dois cães, ainda pequenos - uma cadela e um irmão - pertenciam a uma das matilhas que já estava a ser acompanhada por aquela associação de protecção animal na localidade e pertenciam a ninhadas que entretanto haviam sido detectadas.
Quatro crias já tinham sido apanhadas com recurso a armadilhas apropriadas e estes dois irmãos andavam ‘foragidos’ pelo monte. No dia em que a Associação Abandoned Pets foi em seu resgate, deram com um dos caninos preso num buraco de uma escarpa do monte de difícil acesso e outro estava no seu interior - o que levou a chamar os Bombeiros Sapadores ao local.
“Quando os nossos voluntários foram ver se as crias tinham entrado nas armadilhas montadas para serem resgatadas, ouviram um choro, verificando que um dos animais estavam em sofrimento e não era possível resgatá-lo em segurança sem a ajuda dos Bombeiros Sapadores, que se fizeram acompanhar da Ambulância de Resgate de Animais Acidentados”, conta Eduarda Palmeira, presidente da associação, agradecendo o trabalho dos ‘soldados da Paz’.
“O socorro demorou cerca de uma hora, mas ambos os cães foram resgatados e estão bem, mas sem ajuda não iriam sobreviver. A cadela estava com metade do corpo preso na entrada do buraco e o irmão estava lá dentro e acabariam por morrer ali. Felizmente não foi esse o desfecho e ambos estão de boa saúde e disponíveis para adopção”, disse.
“Em sintonia com várias instituições e com a Câmara Municipal de Braga é possível salvar animais em perigo e retirá-los da rua”, afirma Eduarda Palmeira.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho