Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Bolo Folhado continua a ser a imagem de marca da Pastelaria de S. João
UMinho assegura mais de 1.5 milhões em projetos de mobilidade Erasmus+

Bolo Folhado continua a ser a imagem de marca da Pastelaria de S. João

Teatro na Feira do Cavalo em Cabeceiras

Economia

2018-01-16 às 11h22

Redacção

É uma das pastelarias mais emblemáticas do concelho e uma das representantes mais fidedignas da pastelaria portuguesa. O Bolo Folhado continua a ser o ex-líbris desta casa que conta com nova gerência há dois anos.

Café ou pingo directo, torrada e sumo de natural de laranja. Esta é a proposta da Pastelaria S. João para a iniciativa Amigos do Café, onde pode usufruir deste pequeno-almoço saudável por apenas dois euros. Esta é também uma oportunidade para visitar uma das pastelarias mais emblemáticas da cidade, sobejamente conhecida pelo seu famoso Bolo Folhado, fabricado desde que abriu portas ao público, em 1962. A iguaria já mereceu várias distinções por parte de entidades ligadas à área, continuando a ser motivo de grande procura neste espaço.

Mas, a oferta que esta pastelaria tem para oferecer aos seus clientes vai muito mais além do Bolo Folhado. Falámos, por exemplo, da não menos famosa brisa da ponte, um folhado com chila, maçã, amêndoa, canela e creme de ovo. Ou dos pastéis de nata, das bolas de berlim, tíbias e éclairs, sem esquecer a grande variedade de miniaturas e os bolos de festa para todos os gostos.
Com fabrico próprio, a Pastelaria S. João tem sabido manter a qualidade que a caracteriza ao longo de décadas, um patamar de excelência que a nova gerência - que conduz os destinos deste espaço há dois anos - procurou manter. José Manuel Macedo e Carlo Cichetti, ambos nascidos na Venezuela, mas com descendência distinta (o primeiro é filho de pais portugueses e o segundo filho de italianos) são os novos proprietários da S. João. Desde que tomaram conta do negócio, os gerentes fizeram questões de manter todo o satff anterior, incluindo os fornecedores, com o objectivo de continuar a oferecer aos clientes aquilo que mais apreciam neste espaço comercial. Só mudou o gerência, confirma José Manuel Macedo.

Carlo Cichetti acrescenta que esta é uma pastelaria com um ambiente familiar, onde a grande maioria dos clientes já se conhecem há vários anos. É quase como chegar a casa, continua o gerente, justificando, por isso, o facto deste novos empresários terem optado por não introduzir grandes alterações. Ainda pensámos em fazer algumas remodelações, mas percebemos que os nossos clientes gostam das coisas como estão. Mantivemos os funcionários, os fornecedores que fazem uma equipa espectacular, acrescenta ainda Carlo Cichetti, pretendendo que a Pastelaria S. João continue a ser uma exímia representante da doçaria tradicional.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.