Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Barcelos reforça capacidade financeira das freguesias
Artistas reunidos para ajustar estratégia cultural para o futuro

Barcelos reforça capacidade financeira das freguesias

Plano de Comunicação 2021 do Desporto e Atividade Física: Póvoa de Lanhoso em terceiro lugar

Barcelos reforça capacidade financeira das freguesias

Cávado

2021-04-15 às 06h00

Redacção Redacção

Reforço, executado através de adenda aos contratos interadministrativos celebrados com as juntas, deve-se a um excedente do Fundo de Financiamento das Freguesias, perto de 400 mil euros.

A autarquia barcelense vai reforçar a capacidade financeira das freguesias através de uma adenda aos contratos interadministrativos celebrados entre o município e as freguesias do concelho.
O reforço das verbas deve-se a um excedente do Fundo de Financiamento das Freguesias (FFF) que, segundo a lei, terá de ser distribuído. Para Barcelos, o excedente é de 398.696 euros, valor a distribuir pelas 61 freguesias e uniões de freguesia em 2021, cabendo a cada uma a quantia de 6.536 euros.
À semelhança do que tem feito ao longo dos três últimos mandatos, a autarquia decidiu duplicar o valor do excedente do FFF, aprovando a transferência de mais 797.392 euros para as freguesias, cabendo a cada uma a quantia de 13.072 euros.
A aprovação da adenda que integra estes valores teve lugar na última reunião do executivo municipal, sendo que a decisão vai ser levada à Assembleia Municipal para autorização.
Os contratos interadministrativos de delegação de competências nas freguesias foram aprovados em Fevereiro deste ano e substituem os contratos de cooperação técnico-financeira que vigoraram entre 2010 e 2020 e que atribuíam uma comparticipação financeira do Município às freguesias correspondente a duas vezes o valor da transferência do Fundo de Financiamento das Freguesias (FFF), vulgarmente conhecido como ‘protocolo dos duzentos por cento’.
Para além das verbas previstas no âmbito dos contratos administrativos para 2021, no valor de 3.610.040 euros, o Município aprovou o acordo de transferência de recursos para as freguesias no quadro da descentralização e, para assegurar essa cooperação técnico-financeira transfere em 2021 a verba de 1.547.160 euros.
Desta forma, o valor total transferido da câmara municipal para as freguesias do concelho durante o ano de 2021, é de 5.954.592 euros, incluindo os 797.392 euros previstos na adenda agora aprovada.
Das deliberações do executivo destacam-se aainda a atribuição de apoio à renda de casa de 25 agregados familiares; a atribuição de apoio às refeições escolares de 40 alunos de Jardins de Infância e de Escolas do 1.º ciclo; a atribuição de um subsídio à Associação de Pais e Encarregados de Educação do Jardim de Infância de Fragoso, no valor de 2 mil euros, como comparticipação nas despesas de construção de um abrigo e para a aquisição de um termonubelizador e a atribuição de um subsídio ao Centro Social de Cultura e Recreio da Silva, no valor de 2.896,34 euros.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho