Correio do Minho

Braga,

Bacalhau, azeite e aletria não vão faltar na mesa de Natal dos famalicenses
Vila Verde: Câmara investe em novas infraestruturas e equipamentos

Bacalhau, azeite e aletria não vão faltar na mesa de Natal dos famalicenses

Vila Verde a fervilhar de vida: Workshops, oficina Arquimedes, concerto de gala e apresentação da linha Amor Envolvente

Vale do Ave

2017-12-07 às 17h09

Redacção

As tradicionais iguarias da noite de Consoada - bacalhau, azeite e aletria - não vão faltar na mesa de Natal dos famalicenses. Estes são alguns dos bens alimentares que compõem o cabaz de Natal oferecido pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão a todas as famílias carenciadas do concelho.

As tradicionais iguarias da noite de Consoada - bacalhau, azeite e aletria - não vão faltar na mesa de Natal dos famalicenses. Estes são alguns dos bens alimentares que compõem o cabaz de Natal oferecido pela Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão a todas as famílias carenciadas do concelho.

O gesto foi assinalado simbolicamente esta quarta-feira, com o presidente da autarquia, Paulo Cunha, a entregar cabazes aos autarcas da União das Freguesias de Calendário e Vila Nova de Famalicão, Estela Veloso, e de Gavião, António Emídio.

Ao todo, serão distribuídos até ao final desta semana cabazes por quatro mil famílias do concelho. A distribuição é realizada através das Juntas de Freguesia que, na maior parte dos casos acrescentam outros bens alimentares.

É o caso de Gavião que conta com o apoio de “várias empresas da freguesia que se aliaram à iniciativa enriquecendo os cabazes com outros produtos alimentares”, como explicou António Emídio. Também na União das Freguesias de Calendário e Famalicão, onde “serão distribuídos cerca de 300 cabazes, são acrescentados outros bens alimentares como o arroz, a massa, o atum, entre outros”.

Por sua vez, Paulo Cunha assinalou a importância desta ação de caráter social, referindo que o objetivo “é corresponder às necessidades das famílias carenciadas do concelho”. O autarca sublinhou ainda que esta é uma iniciativa a somar a muitas outras, que decorrem durante todo o ano. “Não é só no Natal, que apoiamos estas famílias, durante todos os dias do ano, há uma resposta social e vários apoios”.

Refira-se que a sinalização das famílias carenciadas é feita pelas Juntas de Freguesia em colaboração com as comunidades vicentinas e a Rede Social de Famalicão. A entrega dos cabazes resulta de um investimento municipal de cerca de 60 mil euros.

*** Nota da C.M. de Vila Nova de Famalicão ***

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.