Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Autarquia vianense homenageia campeão do mundo Sérgio Maciel
Guimarães: Conselho Municipal da Juventude aprova Orçamento Municipal para 2019

Autarquia vianense homenageia campeão do mundo Sérgio Maciel

Famalicão cria novas áreas de reabilitação urbana em Joane e no eixo Bairro - Delães

Desporto

2018-09-11 às 17h24

Redacção

Atleta foi recebido na Câmara Municipal de Viana do Castelo pelo presidente José Maria Costa. Sérgio Maciel conquistou a única medalha de ouro de Portugal no Campeonato do Mundo de Maratona, em C1 sub-23, na prova que decorreu na vila de Prado.

O atleta vianense, Sérgio Maciel, foi recebido pelo presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo depois de se ter consagrado campeão do mundo em C1 sub-23, no Mundial de Maratona de Canoagem, que teve lugar na vila de Prado.
Na cerimónia, o jovem atleta teve oportunidade de apresentar ao autarca José Maria Costa a medalha de ouro conquistada em Vila Verde, depois de, em 2017, ter sido vice-campeão na mesma categoria.
Recorde-se que Sérgio Maciel já tinha sido reconhecido pela cidade como Cidadão de Mérito e foi galardoado na Gala do Desporto promovida pela Câmara Municipal, possuindo um curriculum invejável na canoagem.

Atleta desde 2006, foi campeão nacional de fundo C1 cadete e campeão nacional pista C1 cadete 200m, em 2014. Em 2015, venceu a Maratona Internacional de Crestuma C1 Júnior e foi prata na descida internacional do Rio Minho. Em 2016, foi campeão nacional maratonas C1 júnior, ingressou na selecção nacional e logo na primeira prova sagrou-se campeão europeu de maratonas C1 júnior 2016. Venceu a Short Race da Taça do Mundo de Maratonas.

No mesmo ano, sagrou-se vice-campeão do mundo de maratonas C1 júnior 2016, onde ficou conhecido por um gesto de fairplay que deu o título ao colega de equipa, já que, ao aperceber-se que este não tinha cruzado devidamente a meta, esperou por ele, dando-lhe a vitória, e alcançou o terceiro lugar C2 júnior no mesmo campeonato do mundo. A sua prestação no Campeonato do Mundo de Maratona, com este feito extraordinário de fair- play, valeu-lhe a atribuição do prémio ética no desporto 2016 pelo Comité Olímpico Português, assim como a atribuição do prémio de ética desportiva 2016 pelo Penatlon Clube de Lisboa. Em 2017, o jovem sagrou-se vice-campeão e agora subiu ao pódio com o ouro, alcançando o primeiro lugar no campeonato do mundo.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.