Correio do Minho

Braga, sábado

- +
Atuação do Município de Guimarães reconhecida com Prémio Viver em Igualdade
Braga de portas abertas a parcerias para a Capital Europeia da Cultura 2027

Atuação do Município de Guimarães reconhecida com Prémio Viver em Igualdade

Máquinas de desinfeção ecológica eficaz contra o coronavírus, foram entregues a todas as Escolas, Lares e Centros de Dia do concelho

Atuação do Município de Guimarães reconhecida com Prémio Viver em Igualdade

Vale do Ave

2020-10-23 às 21h21

Redacção Redacção

Reconhecimento das boas práticas na integração da dimensão da Igualdade de Género, Cidadania e Não-Discriminação.

A Vereadora da Ação Social, Paula Oliveira, recebeu esta sexta-feira o Prémio Viver em Igualdade 2020/2021, atribuído pela segunda vez ao Município de Guimarães. Esta distinção surge no âmbito da iniciativa bienal promovida pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG).
A sessão realizou-se em S. João da Madeira e contou com a presença da Secretária de Estado para a Igualdade, Rosa Monteiro, assim como da Presidente da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, Sandra Ribeiro.
Paula Oliveira destaca que este é um prémio partilhados por todos que abraçam os projetos em prol deste desafio. “O Município de Guimarães assumiu, desde cedo, a transversalidade da igualdade de género na sua atuação, que se consubstanciou, primeiramente, na criação do Espaço Municipal para a Igualdade e, mais tarde, na implementação do Plano Municipal para a Igualdade de Género. Fruto do investimento de Guimarães nesta matéria, fomos reconhecidos pela segunda vez, com o Prémio “Viver em Igualdade”. Compete a cada um de nós contribuir para combater os preconceitos e os estereótipos de género, promovendo a inclusão e a igualdade de oportunidades, numa lógica de valorização da diversidade e de garantia da dignidade”, referiu a Vereadora da Ação Social da Câmara de Guimarães.
O Prémio “Viver em Igualdade” tem como objetivo distinguir e reconhecer Municípios com práticas, a nível interno e no âmbito do território, que promovam a territorialização, identificação e apropriação local dos objetivos da Estratégia Nacional para a Igualdade e a Não Discriminação 2018-2030 – Portugal + Igual, nas dimensões da igualdade entre mulheres e homens, da prevenção e combate à violência contra as mulheres e a violência doméstica, e a prevenção e o combate à discriminação em razão da orientação sexual, identidade e expressão de género, e características sexuais.
Nesta quinta edição do prémio o júri decidiu atribuir o Prémio a 15 Municípios do país, sendo que Guimarães foi distinguindo pela segunda vez.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho