Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Ateliês divulgam espaços arqueológicos e musealizados
Novembro com estreias na Casa das Artes de Famalicão

Ateliês divulgam espaços arqueológicos e musealizados

SC Braga deu brilho à festa da Taça em Leça

Ateliês divulgam espaços arqueológicos e musealizados

Braga

2019-10-10 às 06h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Serviço de Arqueologia do Município de Braga desenvolveu um conjunto de actividades que, a partir deste mês, vão sensibilizar para a preservação dos espaços arqueológicos e musealizados.

Sensibilizar a comunidade para a importância da preservação dos espaços arqueológicos e musealizados é o objectivo de um conjunto de actividades que o Serviço de Arqueologia do Município de Braga promove, a partir deste mês de Outubro.
Fonte do Ídolo, Domus da Escola Velha da Sé, Termas Romanas do Alto da Cividade e Convento do Pópulo são os locais para onde estão agendados diversos ateliês.
As actividades, para maiores de seis anos de idade, são gratuitas, sendo apenas necessária a inscrição prévia, que pode ser efectuada on-line.
No Domus da Escola Velha da Sé vai realizar-se o atelier ‘Mosaicos na Domus’. Consiste numa visita guiada a este espaço arqueológico musealizado, onde será dado destaque aos vestígios de mosaicos presentes no local. Decorrerá, ainda, a promoção de um atelier pedagógico, no qual serão abordadas técnicas de execução de um mosaico, materializando-se na criação de um padrão decorativo com motivos caracteristicamente romanos. Decorre de Outubro a Dezembro.

Também no Domus da Escola Velha da Sé vai realizar-se o atelier ‘Construções Romanas’. Trata-se de uma actividade que consiste num atelier educativo com a duração de aproximadamente duas horas e meia, onde são abordadas as diferentes fases da ocupação deste sítio arqueológico, materializando-se na montagem de um puzzle 3D, de uma Domus Romana.
Vai decorrer de Janeiro a Abril e também é para maiores de seis anos.
No Convento do Pópulo volta a decorrer o ‘Vamos azulejar’, um atelier de pintura sobre azulejo, onde serão abordadas as diferentes técnicas de pintura. Decorre até Junho e é para maiores de seis anos de idade.
O atelier ‘Contos do Baú’ também tem como palco o Convento do Pópulo. Com a coordenação da contadora de histórias, Inácia Cruz, consta de uma narrativa dramatizada, na qual se procura promover momentos do quotidiano dos frades eremitas de Santo Agostinho, fundadores deste convento, através da caracterização de possíveis experiências vividas, neste edifício. Decorre até Junho.

Ainda no Convento do Pópulo, o atelier ‘Património a Dois’ vai assinalar o Dia de S. Valentim, a 14 de Fevereiro. A iniciativa tem como público alvo todos os que sentem vontade de comemorar esta data.
Nas Termas Romanas do Alto da Cividade vão decorrer dois ateliês. Até Dezembro acontece o ‘Relógio de Sol’, atelier que inicia com uma visita guiada às ruínas arqueológicas, complementada com a realização de um modelo de relógio.
De Janeiro a Maio, acontece o atelier ‘Iluminação’, que consiste numa visita guiada às ruínas arqueológicas, combinada com um atelier pedagógico, no qual, os visitantes terão a oportunidade de realizar uma lucerna, em barro. Para a Fonte do Ídolo estão programadas três actividades: ‘Oremos Fonte’, ‘Papéis de Cera’ e ‘Património a Dois’.
Até Dezembro, realiza-se o atelier ‘Oremos Fonte’. Com o objectivo de se introduzir o participante ao mundo religioso romano, o atelier ‘Oremos Fonte’ será constituído, principalmente, pela realização de visitas guiadas ao espaço, combinadas com atelieres pedagógicos, onde se executará uma moeda ou uma lúnula, amuletos estes, representantes do quotidiano religioso.
‘Papéis de Cera’ é a designação da oficina que será constituída, principalmente, pela realização de visitas guiadas combinadas com atelieres pedagógicos, nos quais os participantes serão convidados a aprender e redigir “à época romana”, o nome próprio, recorrendo, para tal, de um estilete e tábua de cera, como suportes de escrita. Decorre de Janeiro a a Abril.
O atelier ‘Património a Dois’ vai assinalar o Dia de S. velentim, a 14 de Fevereiro. a iniciativa convida os pares participantes a realizarem um objecto, que simbolize a data em comemoração; cuja execução se encontra subordinado à técnica dos mosaicos.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.