Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Associação de Psicologia é mais-valia para a cidade de Guimarães
Carnaval na Praça afirma-se como uma das apostas do Município de Monção

Associação de Psicologia é mais-valia para a cidade de Guimarães

Livre aos 90+5 trama FC Famalicão

Vale do Ave

2017-04-20 às 11h00

Miguel Viana

ASSOCIAÇÃO ocupa o primeiro andar do antigo edifício da Estação de Caminho de Ferro e inicia a actividade a 8 de Maio.

A Associação de Psicologia (APsi) da Universidade do Minho (UMinho) inaugurou ontem as novas instalações no primeiro andar da antiga estação de caminhos-de-ferro, em Guimarães.
A associação resulta de uma parceria entre a Universidade do Minho e as câmaras municipais de Guimarães e Braga, e é encarada pelo município vimaranense como uma mais-valia para o concelho.
“Hoje a Psicologia tem uma acção enorme de aplicação, quer positiva na Psicologia Motivacional, na Psicologia das Organizações sociais, que encontra espaços de equilíbrio e de entusiasmo na qualidade de vida das nossas pessoas, e depois na depressão e de instabilidade psicológica. Esta associação contribui para encontrar soluções para as pessoas nas suas diversas dificuldades. É um contributo decisivo da Universidade do Minho para o bem-estar das populações”, disse Domingos Bragança, presidente da Câmara Municipal de Guimarães.
O autarca vimaranense lembrou ainda que o espaço foi cedido pelo município. “Este espaço aqui tem o seu contributo grande, porque é um espaço de partidas e chegadas. Também na área da Psicologia é sempre um reencontro para o recomeço de muitas vidas”, disse Domingos Bragança.
As novas instalações da APsi vão estar a funcionar em pleno a partir do próximo dia 8 de Maio, com as valências de consultas de Psicologia, uma unidade clínica para adultos e crianças, consultas de Neuropsicofisiologia (programas de recuperação neuro-psicológica), consultas da Unidade da Psicologia da Justiça e algumas acções de formação.
“Faremos tudo isto com a ideia de que a APsi vai estar envolvida em muitos mais projectos do que aqueles que se desenvolvem nestas instalações. Pretendemos que este espaço traduza uma aproximação à comunidade e esperamos que seja uma relação de mútuo benefício”, afirmou Paulo Machado, presidente da Escola de Psicologia da UMinho.
O reitor daquela universidade, António Cunha, classificou a abertura das novas instalações da APsi como “um importante projecto de interacção entre a sociedade e a universidade, numa área de grande interesse e de crescente procura pelas sociedades de hoje e pelas dinâmicas sociais”.
O responsável máximo da UMinho destacou ainda a colaboração com as câmaras municipais de Guimarães e Braga e manifestou que a delegação de Braga da APsi (que funciona dentro da universidade), “possa vir a ter instalações maiores e mais adequadas à especificidade e tipologia deste serviço”, disse António Cunha.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.