Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Assembleia da República aprova doutoramentos e universidades politécnicas
Viana do Castelo: Desfile da Mordomia conta hoje com mais de 700 mordomas

Assembleia da República aprova doutoramentos e universidades politécnicas

Projecto apoia cuidadores informais

Assembleia da República aprova doutoramentos e universidades politécnicas

Ensino

2022-06-28 às 06h00

Redacção Redacção

Alteração da designação e possibilidade de atribuição de doutoramentos satisfazem o Instituto Politécnico de Viana do Castelo.

Citação

O presidente do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC), Carlos Rodrigues, mostrou-se satisfeito com a aprovação, por unanimidade, na Assembleia da República, da iniciativa legislativa promovida por cidadãos intitulada de ‘Valorização do Ensino Politécnico Nacional e Internacionalmente’. A iniciativa requer a alteração da designação dos Institutos Politécnicos para Universidades Politécnicas, bem como a possibilidade legal de outorga do grau de doutor.
O presidente do IPVC revelou que “este é um marco histórico e de extrema importância para os institutos politécnicos. Já estamos a fazer a diferença a todos os níveis, uma vez que é muito importante colocar o conhecimento ao serviço das necessidades e realidades do nosso território, disponibilizando esse saber fazer a todas as instituições”.

A iniciativa vai ao encontro do protocolo assinado na semana passada, entre o IPVC e a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, que vai permitir realizar trabalhos de investigação e criar redes estruturais e fundamentais para estar apto e reunir todas as condições para ser uma das instituições elegíveis para a atribuição do grau de doutoramento.
O presidente do IPVC aponta ainda a necessidade de alterar a designação de instituto politécnico para universidade politécnica.
“É muito difícil a nível internacional explicar o que é um instituto politécnico, uma vez que, globalmente o termo utilizado é Universidade Politécnica. E mesmo dentro de portas vamos trabalhar na mudança de mentalidade o que vai permitir mitigar o estigma social que, infelizmente, ainda existe na nossa sociedade. Para muitos o ensino politécnico está ainda associado a um ensino de qualidade inferior, o que não é verdade”, refere Carlos Rodrigues.

Deixa o teu comentário

Banner publicidade

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login Seta perfil

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a Seta menu

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.

Bem-vindo ao Correio do Minho
Permita anúncios no nosso website

Parece que está a utilizar um bloqueador de anúncios.
Utilizamos a publicidade para ajudar a financiar o nosso website.

Permitir anúncios na Antena Minho